Fábrica situada na “Capital Nacional da Malha” se torna referência em bem-estar aos colaboradores

Segundo pesquisa, o bem-estar emocional dos empregados da indústria está abaixo do saudável. Na contramão, exemplo positivo pode ser encontrado na indústria têxtil de Guaramirim, Santa Catarina, na região da “Capital Nacional da Malha”. O Grupo Marlan é referência em qualidade de vida e ações constantes em prol aos quase 600 colaboradores diretos e indiretos.

Se por um lado, a indústria responde por 26,3% do PIB brasileiro, segundo dados do IBGE divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o chamado Índice de Bem-Estar Corporativo (IBC) que envolve fatores que determinam o bem-estar emocional dos empregados, está abaixo do saudável de acordo com levantamento da Zenklub. Em Santa Catarina, o setor Têxtil, Confecção, Couro e Calçados é o que mais emprega. Ao todo, é responsável por 176 mil empregos, 20,36% de toda cadeia industrial, segundo dados da FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina.

Com quase 200 colaboradores diretos e 400 indiretos, a fabricante das marcas Marlan, Milli&Nina e Ioluig!, localizada na região da “Capital Nacional da Malha”, em Santa Catarina, é prova de que o investimento na qualidade de vida dos colaboradores gera bem-estar e tem influência na produtividade. Tanto que na contramão do setor que teve retração de -1,2% na produção industrial têxtil no acumulado do ano (nov/22 – out/23), em comparação com mesmo período do ano anterior, o Grupo Marlan, que leva o selo de certificação GPTW – Great Place to Work, projeta crescimento de 35% na produção para os próximos dois anos.

“Estamos sempre atentos ao bem-estar dos nossos colaboradores porque são eles que contribuem para a confecção das peças que entrarão nas casas de milhares e milhares de famílias. Por isso, criamos espaços para a prática de atividades físicas dentro do local de trabalho, para facilitar o tempo e deslocamento das pessoas, além de incentivar a união. Além do condicionamento físico, proporcionamos benefícios da leitura com a nossa biblioteca que dispõe de vários títulos aos leitores. Temos também ambientes de relaxamento e acabamos de abrir um minimercado aos colaboradores”, diz a fundadora do Grupo Marlan Marli Forlin. 

O minimercado oferece lanches rápidos como snacks e bebidas geladas, além de sorvetes e picolés, conta também com opções mais saudáveis para quem não quer fugir da boa alimentação. No formato de autoatendimento, o colaborador tem acesso liberado ao espaço no local de trabalho, evitando deslocamentos. O processo é simples: basta escolher o produto, escanear no leitor do código de barras e efetuar o pagamento via maquinha de cartão. E para facilitar ainda mais, o colaborador tem acesso ao app do minimercado, possibilitando a consulta de preços e produtos.