Efeito Dunning-Kruger: a importância da humildade no planejamento da carreira e dos negócios

Entender como minimizar esse efeito ajuda a planejar, com base em habilidades reais, criando carreiras e negócios sólidos, eficazes e de longo prazo

O fenômeno psicológico conhecido como Efeito Dunning-Kruger tem sido objeto de estudo e reflexão há décadas. Descrito pela primeira vez por David Dunning e Justin Kruger em 1999, esse efeito aponta para a tendência de indivíduos com habilidades limitadas superestimarem sua própria competência, enquanto aqueles com habilidades superiores tendem a subestimar as suas. Essa descoberta tem profundas implicações no mundo do trabalho e dos negócios, já que muitas vezes, vemos indivíduos menos competentes assumindo riscos desnecessários ou tomando decisões precipitadas devido à falta de consciência sobre as suas próprias limitações. Por outro lado, aqueles mais competentes podem hesitar em agir, subestimando suas próprias habilidades e potenciais.

Segundo o consultor de carreira e negócios da ESIC Internacional, Alexandre Weiler, entender esse conceito é importante nas várias etapas da vida profissional, uma vez que ele oferece uma visão sobre a importância da humildade no momento do planejamento da carreira, assim como dos negócios. “No planejamento de carreira, é essencial que os indivíduos reconheçam tanto suas áreas de força quanto suas fraquezas, ou pontos onde ainda existem significativas oportunidades de aprimoramento, buscando constantemente oportunidades de aprendizado e crescimento. Nesse contexto, a humildade permite que os profissionais estejam abertos a olhar para as suas reais habilidades, estando abertos para feedbacks construtivos e sendo capazes de ajustar seus planos conforme necessário”, explica.

Da mesma forma, no mundo dos negócios, o planejamento estratégico requer uma compreensão realista das capacidades da empresa, do mercado em que ela opera, dos gestores e profissionais que a integram. Nesse contexto, a autoconfiança é algo fundamental, porém o excesso dela pode trazer situações que mascaram a realidade. “A confiança em si mesmo pode impulsionar a realização de uma ideia de negócio, porém, não é um indicador confiável de habilidade. O Efeito Dunning-Kruger revela que a falta de reconhecimento da própria incompetência é mais frequente do que se imagina, especialmente no contexto empresarial. A humildade empresarial envolve reconhecer as limitações do conhecimento, de estar disposto a buscar orientação de especialistas quando necessário, buscar profissionais que detenham competências adicionais, ou ainda dar mais ouvidos a alguns que já integram o time. A máxima: um gestor não precisa saber tudo, mas forçosamente precisa se cercar das pessoas que sabem dar ouvidos a elas e zelar para que atuem conjuntamente, de maneira objetiva, integrada e convergente”, explica Weiler.

A importância da humildade no planejamento

Ao incorporar o planejamento e a humildade em suas estratégias de carreira e negócios, os indivíduos e as organizações estão melhor equipados para lidar com os desafios impostos pelo Efeito Dunning-Kruger. “O planejamento cuidadoso permite uma avaliação realista das metas e dos recursos necessários para alcançá-las, reduzindo assim a probabilidade de superestimar as próprias habilidades. Ninguém domina todas as áreas do conhecimento pertinentes e é fundamental que o profissional saiba disso para buscar um desenvolvimento eficaz, eficiente e efetivo das suas atividades. Além disso, a humildade promove uma mentalidade aberta à aprendizagem contínua e ao feedback construtivo, possibilitando ajustes e melhorias ao longo do caminho”, afirma o consultor.

Weiler também reforça que ao evitar a armadilha da autoconfiança excessiva e da subestimação das dificuldades, as pessoas e as empresas podem evitar erros dispendiosos e tomar decisões mais fundamentadas. “Isso cria uma base sólida para o sucesso a longo prazo, baseada em um entendimento realista das próprias capacidades e limitações, bem como uma abordagem proativa para o desenvolvimento pessoal e profissional. Ao reconhecer e abordar o Efeito Dunning-Kruger com planejamento e humildade, os indivíduos e as organizações podem construir uma vantagem competitiva sustentável, fundamentada no conhecimento genuíno e na consciência de si mesmos”, finaliza.

Como planejar a carreira e os negócios com humildade

1 –  Faça uma auto avaliação honesta

Comece avaliando suas habilidades, experiências e interesses de forma honesta e realista. Reconheça suas áreas de força e fraqueza sem subestimar ou superestimar suas capacidades.

2 –  Defina metas claras

Estabeleça metas claras e alcançáveis para sua carreira ou negócio. Certifique-se de que suas metas sejam desafiadoras, mas também realistas, levando em consideração seus recursos e habilidades atuais.

3 – Identifique as áreas de desenvolvimento

Identifique as áreas em que você precisa melhorar para alcançar suas metas. Isso pode incluir habilidades técnicas, competências interpessoais ou conhecimento específico do setor. Além disso, esteja aberto a aprender e crescer nessas áreas.

4 – Busque por feedback

Procure feedback regularmente de colegas, mentores e superiores e esteja disposto a ouvir críticas construtivas, usando-as para identificar oportunidades de melhoria. Mas escolha com muito cuidado e critério a quem você “dá ouvidos”, seus influenciadores devem impreterivelmente ter conhecimento de causa, estar atualizados, conhecer a cultura corporativa da organização, seu mercado e genuinamente torcer genuinamente por seu sucesso.

5 – Busque o desenvolvimento contínuo

Comprometa-se com o desenvolvimento contínuo por meio de cursos, treinamentos, leitura e networking. Esteja sempre em busca de novas oportunidades de aprendizado e crescimento. Lembre-se: você não sabe e não precisa saber de tudo.

6 –  Seja flexível com o seu plano

Esteja preparado para ajustar seu plano de carreira ou negócios conforme necessário com base no feedback recebido, mudanças no mercado ou novas oportunidades que surgirem. Esteja aberto a mudanças e seja flexível em sua abordagem.

7 – Cultive a humildade

Cultive uma atitude de humildade em relação ao seu trabalho e às suas conquistas. Reconheça que sempre há mais a aprender e que o sucesso muitas vezes é resultado do trabalho em equipe e da colaboração com os outros.