domingo, 21 julho 2024
11.7 C
Curitiba

Home Office Memórias, espaço de Katleen Luizaga na Casa Cor Paraná, aproxima a exposição da realidade das residências brasileiras

HomeOffice Memórias, projeto de Katleen Luizaga
Bia Nauiack

Antes da pandemia de COVID-19, a ideia de ter um espaço dedicado ao trabalho em casa era restrita a poucas residências, muitas vezes um escritório ocasional onde o pai ou a mãe trabalhavam esporadicamente. Com a chegada da pandemia, o home office deixou de ser um luxo ou uma conveniência e se tornou uma necessidade imperativa para milhões de pessoas em todo o mundo. Esta mudança mostrou a importância de se ter um espaço de trabalho funcional e confortável dentro de casa, independentemente do tamanho da residência.

A flexibilidade na carga horária e na forma de trabalho enfatizou a necessidade de um ambiente destinado especificamente ao trabalho. Nesta nova era de home office, a designer Katleen Luizaga se destaca com sua proposta no espaço “Home Office Memórias”, apresentado na Casa Cor Paraná, que começa no próximo dia 4 de junho.

O espaço assinado por Katleen reflete seu estilo característico, combinando funcionalidade com acolhimento. A proposta é moderna e minimalista, focada em poucas e boas peças, com materiais de alta qualidade. O destaque do ambiente é a conexão entre o presente e o passado, representada por uma abertura no piso que traz itens de família da designer, de garimpos e de amigos. “Essa é uma opção que pode ser recriada em qualquer espaço, mantendo viva a memória de pisos, paredes ou até cômodos específicos, sem necessariamente torná-los habitáveis”, explica.

Detalhe das memórias, conexão entre o presente e o passado, representada por uma abertura no piso, com relíquias dos bisavós da designer
Bia Nauiack

“Home Office Memórias” tem a parceria de marcas como Ton Sur Ton, Eucatex, Naturale Tapetes e Tintas Coral, trazendo um diferencial significativo com as lâminas de madeira utilizadas no ambiente. Este espaço não só reflete a realidade das residências brasileiras como também é totalmente adaptável a casas ou apartamentos.

Um dos maiores desafios enfrentados por Katleen foi o tamanho reduzido do espaço, com apenas 11m². Criar um ambiente funcional e esteticamente agradável em uma área tão limitada é um desafio que muitos decoradores enfrentam, especialmente nos empreendimentos modernos que tendem a oferecer espaços menores. ”Apesar das limitações de espaço, é possível criar um home office que atenda às necessidades profissionais e pessoais do cliente”, salienta. Sua proposta na Casa Cor Paraná é um exemplo perfeito de como um design bem pensado pode transformar até mesmo os menores cômodos em ambientes de trabalho eficientes e inspiradores.

“A pandemia trouxe consigo a necessidade de repensar os espaços de nossas casas. O home office passou de uma alternativa ocasional para uma necessidade diária”, pontua. “Com um design inovador é possível criar espaços que não só atendam às demandas funcionais do trabalho remoto, mas também ofereçam conforto e estilo, integrando passado e presente de maneira harmoniosa”, finaliza Katleen.

Destaque da Semana

Opinião – Um debate desastroso e a dúvida Biden

João Alfredo Lopes Nyegray* Com a proximidade das eleições presidenciais...

Prêmio Queijo Brasil 2024: Cooperativa Witmarsum conquista título de melhor queijaria do Paraná

Os 11 queijos finos produzidos pela cooperativa foram premiados,...

Anúncios de comida em videogames influenciam adolescentes, mostra estudo

Pesquisa sugere maior consumo de produtos ricos em gordura,...

Artigos Relacionados

Destaque do Editor

Popular Categories

Mais artigos do autor