Investimentos: Santa Catarina registra valorização imobiliária de galpões logísticos acima da média nacional

Estado que já é referência em valorização imobiliária residencial agora desponta também no setor de galpões logísticos com cidades que valorizaram até 300% nos últimos 10 anos.

Divulgação

Santa Catarina já desponta no cenário nacional como o estado com a melhor valorização imobiliária residencial do país, com 4 das 5 cidades que ocupam o topo do ranking da FipeZap. Agora, o setor de galpões logísticos também tem chamado a atenção de investidores de todo o país pela alta rentabilidade. Exemplo disso é Navegantes, cidade sede do principal terminal privado do Brasil destinado à movimentação de contêineres, que teve 300% de valorização no metro quadrado dos galpões logísticos nos últimos 10 anos, conforme levantamento da empresa Sort Investimentos, especializada no setor. Atualmente, apenas em Santa Catarina, a empresa possui mais de R$ 3,5 bilhões em ativos e 553 mil metros quadrados disponíveis para áreas de construção de galpões logísticos de alto padrão. A taxa de vacância é 9,4% no Brasil e inferior a 7% em Santa Catarina e a rentabilidade  da locação é superior a 0,7% a.m. , bem acima da média de outros tipos de imóveis que é de 0,4% a.m.

“A valorização imobiliária de galpões logísticos em Santa Catarina está acima da média nacional devido à localização geográfica estratégica, com fácil acesso aos principais centros urbanos do país e também ao Mercosul, além da infraestrutura de transporte de alta qualidade e da economia diversificada e dinâmica. A crescente demanda por e-commerces que necessitam de centros de distribuição eficientes impulsiona ainda mais o setor. Além disso, o ambiente de negócios favorável, com incentivos fiscais e mão de obra qualificada, torna a região atraente para investidores, resultando em excelente retorno”, avalia o especialista em mercado imobiliário e CEO da Sort Investimentos, Renato Monteiro.

Além de Navegantes, o especialista destaca outras duas regiões do estado com grande potencial de valorização. “Araquari, por exemplo, é um ponto estratégico para as cargas que chegam ao estado pelo porto de São Francisco do Sul, já que está às margens da BR-101, principal rodovia do país. A mesma regra se aplica para Garuva em relação ao Porto Itapoá, além de esta cidade está estrategicamente posicionada mais próxima de São Paulo”, explica.

Crescimento do e-commerce impulsiona mercado de galpões logísticos

O e-commerce no Brasil segue em expansão, com projeção de um salto de crescimento nos próximos anos, passando de R$ 349 bilhões em 2023 para R$ 557 bilhões em 2027. Segundo Monteiro, o aumento na demanda por compras online requer centros de distribuição eficientes e bem localizados, o que eleva a procura por galpões logísticos de qualidade. Este cenário contribui para a valorização imobiliária desses ativos, tornando-os investimentos atrativos e rentáveis.

Destaque da Semana

Shopping celebra Dia Mundial do Rock com programação para crianças

Palladium Curitiba promove diversas atrações musicais ao longo do...

Osuel abre o 44º Festival Internacional de Música de Londrina

Concerto gratuito será sábado (13) às 20h30, no Teatro Ouro...

Lobão recomenda novos artistas em mais um capítulo do Lobão News

Série semanal mostra o artista discutindo assuntos diversos e...

Vino! Cabral tem novidades no espaço e no cardápio

O inverno é celebrado com novidades no Vino! Cabral....

Curitiba está entre as principais capitais com maior déficit de imóveis para locação

Para atender à alta demanda por aluguéis, a capital...

Artigos Relacionados

Destaque do Editor