Aposte na palha na decoração

Móveis com o material levam leveza e transparência
aos espaços
Muito usada nos anos 70, a palha nunca saiu de
cena, mas atualmente tem atraído mais atenção. Com a diminuição constante do
tamanho das residências, o material vem sendo muito utilizado para aumentar a
sensação de amplitude. Seja em uma casa de praia ou em uma residência com
decoração mais formal, ela leva neutralidade e leveza aos espaços.
Com seu aspecto natural e clássico ao mesmo tempo,
a palha é muito usada para revestir assentos e encostos de cadeiras e
poltronas. “Enquanto as peças estofadas com bastante tecido formam um painel em
volta da mesa, os modelos com palha levam transparência e leveza ao ambiente,
favorecendo, principalmente, espaços com dimensões enxutas”, explica Miguel Feres
Rodrigues, arquiteto e sócio da Habitable Cadeiras.
Entre os tipos de trançado utilizados em
mobiliário, o sextavado e o quadriculado são os mais comuns, sejam em versões
naturais ou sintéticas. “A palha quadriculada transmite mais leveza, combinando
bem com o mobiliário moderno. Já a sextavada remete àquelas antigas cadeiras da
vovó, mas se adapta bem ao móvel com design contemporâneo, dando um ar
romântico e retrô às peças”, acrescenta o arquiteto.
Na fábrica da Habitable Cadeiras as palhas
utilizadas são de fibras naturais, que possuem grande resistência e
durabilidade. “São também de fácil manutenção e limpeza. Apesar de o nome
remeter a uma coisa áspera, a palha natural tem um aspecto muito sedoso, macio
e confortável”, finaliza Miguel. Para combinar, a dica é apostar em produtos
com madeira.
Sobre
a Habitable Cadeiras
Inaugurada
em 1990, a Habitable Cadeiras trabalha com os produtos de fabricação própria,
tais como cadeiras para salas de jantar, para cozinhas e áreas externas,
bancos, mesas e poltronas, todos com design diferenciado e qualidade que serve
de parâmetro para diversas outras marcas em todo o Brasil.
Serviço:
Habitable
Cadeiras
Endereço:
Rua Padre Antônio, 141, Centro – Curitiba (PR)
Telefone:
(41) 3353-2462

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.