BRASILEIROS RETOMAM TOPO DO PÓDIO NO BRAZIL RUN SERIES/CIRCUITO CAIXA EM CURITIBA

O clima tipicamente curitibano, gelado e cinzento, foi perfeito para consagrar o retorno dos brasileiros ao pódio do Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA no Paraná, neste domingo (18). Altobeli Santos venceu a prova na elite masculina, formando a dobradinha do País com Ederson Vilela. Entre as mulheres, Maria Aparecida Ferraz foi a campeã, com Tatiana Araújo em segundo lugar. Um pelotão recorde de 3.750 atletas amadores, número 5% maior que em 2014, completou a festa no Centro Cívico.

A etapa curitibana do Brazil Run Series/Circuito CAIXA é tradicionalmente dominada pelos africanos. Até este domingo, apenas dois brasileiros haviam vencido a prova na elite masculina desde a sua estreia: Francisco Barbosa dos Santos (2005) e Giomar Pereira (2010). Além de recuperar o topo do pódio para o Brasil, Altobeli Santos confirmou sua boa fase. O fundista também venceu a corrida anterior do circuito, em Ribeirão Preto.

“O dia estava muito bom para a competição. Vim com com o intuito de pontuar e ficar entre os primeiros. Notei que eu poderia vencer no km 8, quando deixei o queniano para trás e segui a prova com o Ederson”, explicou Altobeli, lembrando que seu próximo desafio será no Rio de Janeiro, no Panamericano, de 10km.

Replay – Na elite feminina, Maria Aparecida Ferraz escreveu seu nome no seleto grupo das brasileiras vitoriosas em Curitiba, ao lado de Selma Cândido dos Reis (2005) e Marily dos Santos (2006). Mas para Maria Aparecida, superar uma africana já não é novidade. A vitória deste domingo (18) sobre a queniana Jacklyne Chemwek, recordista da prova, repete o resultado da Meia Maratona de Florianópolis, na semana passada. 

“A prova foi muito boa. Consegui me distanciar da queniana pouco depois da metade do percurso e disputei a vitória com a Tatiana, na última subida antes da reta de chegada”, disse Maria Aparecida. A fundista vem fazendo uma preparação especial para buscar o índice olímpico nos 5.000 m ou nos 10.000 m nos Jogos do Rio 2016.

Padrinho de renome – A décima etapa do Brazil Run Series/ Circuito Caixa teve como padrinho o carioca Arnaldo de Oliveira, considerado um dos melhores velocistas de sua geração. Ele avaliou excelente o tempo do campeão Altobeli Santos, de 29min21, apenas 17 segundos acima do recorde da prova, estabelecido pelo queniano Edwin Kipsang Rotich em 2012. 

“Os atletas do masculino estão de parabéns. Fazia tempo que eu não via um percurso como o de hoje, difícil, com um resultado tão bom”, analisa Arnaldo, presente em quatro Olimpíadas e medalha de bronze no revezamento 4×100 m dos Jogos de Atlanta, em 1996. Para o ex-velocista, a proximidade da Olimpíada no Brasil, em 2016, estimula ainda mais os atletas a buscar tempos melhores. “Como os donos da festa, precisamos ter em mente que, além de participar, devemos fazer bonito e conquistar medalhas”, afirmou.

Resultados
Feminino:

1. Maria Aparecida Ferraz (Luasa Sports/CAIXA) – 35min01
2. Tatiana de Souza Araujo (Pinheiros) – 35min04
3. Jacklyne Chemweb Rionoripo (Luasa Sports/CAIXA) – 35min26
4. Muriel Coneo Paredes (Provenir/Colombia/Luasa Sports/CAIXA) – 35min30
5. Nelly Jepkurui (Luasa Sports/CAIXA) – 35min36

Masculino:
1. Altobeli Santos da Silva (Matilat Nardine/Arpa SML) – 29min21
2. Paul Koech Kimutai (Luasa Sports/CAIXA) – 30min41 
3. Wellington Bezerra da Silva (Cruzeiro EC) – 31min03
4. Carlos Oliveira Santos (Pé de Vento/CAIXA) – 31min35
5. Eliezer de Jesus Santos (Filé e Márcia Narloch) – 31min47

Doze anos de Brazil Run Series/Circuito CAIXA – Realizado desde 2004, o circuito conta com a chancela da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), e passa por quatro das cinco regiões brasileiras. A competição já teve dez etapas neste ano, em Uberlândia (30/5), Goiânia (7/6), Salvador (28/6), Campo Grande (12/7), Fortaleza (2/8), Recife (9/8), Porto Alegre (30/8), Brasília (13/9), Ribeirão Preto (27/9) e Curitiba (18/10). Na reta final, vai a Belo Horizonte (15/11) e São Paulo (22/11). As 12 corridas somam pontos para o Ranking CBAt/CAIXA de corredores de rua. Os dez primeiros colocados no ranking, no masculino e no feminino, garantem o patrocínio da CAIXA para 2016.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e co-patrocínio da Centauro. No Paraná, o Circuito CAIXA conta com o apoio da Prefeitura de Curitiba, além da supervisão técnica da CBAt e da Federação de Atletismo do Paraná.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br
Twitter: @CircuitoCaixa
Facebook: circuitocaixa


 zdl@zdl.com.br


Maria Aparecida Ferraz vibra na chegada


Altobeli Santos, campeão

fotos Luiz Doro/adorofoto

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.