Uninter comemora Dia da Consciência Negra com atividades étnicas

O Dia da Consciência Negra é celebrado amanhã, 20 de novembro, para lembrar a luta da comunidade negra brasileira, desde a colonização do Brasil, contra a escravidão e a discriminação racial. A data recebe uma programação extensa no Memorial de Curitiba, organizada pelo IBGPEX, braço de responsabilidade socioambiental do Grupo Uninter e pelo Centro Cultural de Humaitá.

Das 15h às 16h30, estudantes e professores da instituição participam de várias atividades e palestrantes da Guiné Bissau e de Angola vão fazer uma exposição étnica de fotos, instrumentos musicais e roupas.

Para Adenir Fonseca, diretora do Instituto IBGPEX,  a data marca um momento para reflexão. “É preciso sempre lembrar o impacto que os africanos provocaram na cultura brasileira. É hora de reflexão e luta pela igualdade de direitos e cidadania do negro”. O evento será gratuito e aberto ao público.

Programação:
15h– Apresentação de uma musica com o angolano Wilson Madeira;
15h10 – Reflexão sobre as marcas históricas e trajetória negreira numa perspectiva da consciência negra – Guiné Bissau –  Samora Agostinho Cá;
15h30 – 40 anos da  Independência de Angola e  apresentação  sobre o projeto “África como nunca visto”- Wilson Madeira/Elder Mbla/Paulo Aduanete Costa/Álvaro/ Vitor Matoso;
16h30 – Palestra sobre a influência negra em Curitiba e no Paraná- Candieiro;

Serviço:


O que: Dia Nacional da Consciência Negra – Uninter / Centro Cultural de Humaitá
Quando: Dia 20 de novembro, das 15h às 16h30
Quanto: gratuito
Onde: Memorial de Curitiba – Rua Claudino dos Santos, 79- São Francisco
Fone 3321-3313

pg1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.