Cresce cada vez mais o número de idosos que escolhem morar em casas de repouso buscando uma vida mais ativa e com mais conforto.

 

A cada ano que passa, a população brasileira se torna mais velha. Segundo um levantamento do IBGE feito em 2015, 14,3% das pessoas que moram no país já estavam com mais de 60 anos. A novidade é que muitas pessoas que atingem a terceira idade estão aproveitando mais as suas vidas.

Muitas das vezes, com a falta de tempo dos familiares e buscando interagir com pessoas da mesma idade, os idosos que optam por uma casa de repouso como lar para passar esse momento de suas vidas. Bem longe daquela antiga ideia que as pessoas tinham de um asilo, atualmente as casas de repouso se tornaram locais onde os idosos podem manter uma vida independente, aproveitando ao máximo atividades de interação.

Quais são as vantagens de morar em uma casa de repouso?

As casas de repouso são uma alternativa para idosos que gostam de socializar; precisam de assistência e cuidados com certa frequência; e ainda querem manter certa independência com relação aos seus familiares.

Pensando nesse público, as casas de repouso também vem se especializando e oferecendo diversos serviços. Nelas, os idosos recebem cuidados como avaliações médicas, alimentação estabelecida por nutricionista, atividades de lazer acompanhadas por terapeuta ocupacional, serviços de enfermagem, higienização e administração dos medicamentos.

Todos esses serviços se colocam como um benefício para o idoso - que vai ter tudo o que precisa com muita facilidade - assim como para os familiares, que passam a ter a segurança de que os seus parentes estão bem cuidados e aproveitando ao máximo essa etapa de suas vidas.

Como escolher o espaço ideal?

Para que tudo corra bem nessa relação, é preciso que os familiares e o idoso tomem alguns cuidados na hora da contratação do serviço de uma casa de repouso. Através da resolução RDC 283/2005, publicada em 2005, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regulamentou o funcionamento desses estabelecimentos no Brasil. Por isso, vale a pena conferir se o local que você está interessado está totalmente de acordo com as normas de segurança e relacionamento determinadas pelo órgão.

Além disso, é importante a família visitar o local junto com o idoso para que, dessa forma, ambos possam opinar sobre a escolha a ser feita. Os familiares precisam estar seguros com o local no qual seu parente querido vai viver e o idoso deve se sentir confortável, já que aquela será a sua casa dali para frente. 

Talvez você se interesse por estes artigos.

Fechar Menu