Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná deve ir a leilão em maio

O leilão judicial da faculdade será para quitar dívidas da Associação Beneficente Evangélica de Curitiba

Notaparana

Inaugurada em 1969 a Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná (FEPAR) será leiloada na ação contra a Associação Beneficente Evangélica de Curitiba, que tramita na 9ª Vara do Trabalho da cidade. A Faculdade assim como o Hospital Evangélico e o Plano de Saúde Evangélico estão sob intervenção judicial desde dezembro de 2014, devido aos débitos acumulados por gestões anteriores.

Com data do leilão provável para o dia 4 de maio, anunciado em audiência pelo juiz Eduardo Milléo Baracat da 9ª Vara do Trabalho de Curitiba, a data pode ser alterada em função de provocações no processo e está sujeita a avaliação dos bens materiais e imateriais serem homologados pelo juízo.

O leiloeiro público oficial habilitado pela Junta Comercial do Estado do Paraná Helcio Kronberg  foi nomeado para avaliação dos bens e realização do leilão e terá o prazo de 30 dias para entrega do laudo de avaliação.

A Faculdade Evangélica irá a leilão para quitar dívidas trabalhistas e com fornecedores. Os Ministérios Públicos do Trabalho e do Paraná já se manifestaram para que o comprador da instituição mantenha as vagas do curso em Curitiba.

Faculdade:  Com 120 vagas anuais no curso de Medicina, a faculdade é reconhecidamente uma importante instituição de ensino na área médica em Curitiba, tendo a estrutura do Hospital Evangélico como um dos locais para aprendizado dos seus alunos. Iniciou as atividades em janeiro de 1969 e em 1994 criou o Instituto de Pesquisas Médicas (IPEM), referência nacional na área. Possui programas de pós-graduação em princípios de cirurgia.

A saúde coletiva e a abordagem integral do processo saúde-doença, com ênfase na atenção básica, são norteadores na grade curricular da faculdade que em 2007 e 2014 conquistou a nota 4 em avaliação do Ministério da Educação (MEC).

Sala de aula da Faculdade Evangélica – Foto: Divulgação