Saiba os perigos de se usar descongestionante nasal com frequência

Sempre que o assunto são os descongestionantes nasais vem a dúvida: será que posso realmente usá-los quando o nariz estiver “trancado”?

Segundo a otorrinolaringologista do Hospital Otorrinos Curitiba Marília Camargo de Souza Sardeto, os descongestionantes nasais podem ser usados para alívio rápido da obstrução nasal, porém com orientação médica e por um curto período de tempo, 5 a 7 dias no máximo. Mais que isso, há consequências.

descongestionante-nasal-problemas-coracao-otorrinos-curitiba

Usar descongestionantes nasais de forma indevida pode causar problemas de saúde.

“Os descongestionantes nasais possuem substâncias vasoconstritoras como a oximetazolina, nafazolina, fenilefrina e pseudoefedrina, que fazem com que os vasos da mucosa nasal se contraiam, diminuindo, assim, o edema da mucosa nasal. E se usados sem orientação, e por período maior que uma semana, podem acarretar várias consequências aos pacientes”, explicou a especialista.

Veja também:

:: Sofre com tontura? Cuidado com a cafeína e açúcar em excesso!

:: Entrevista: dr. Vinicius Ribas Fonseca fala sobre as doenças de inverno

Principais consequências
Para quem faz uso do medicamento com frequência é bom ficar atento aos malefícios que os descongestionantes nasais causam ao organismo. De acordo com Marília, apesar de o efeito de desobstrução ser rápido, ele é passageiro, e ao longo do tempo, para se ter esse efeito, o paciente se obriga a fazer o uso do produto cada vez mais frequente e em uma dose maior, levando à dependência.

“O paciente que usa o descongestionante com frequência sente um alívio muito grande pois ele abre o nariz. Mas depois de algum tempo de uso crônico, quanto mais vezes ele usar o remédio, menos efeito ele terá, piorando, assim, o quadro de obstrução nasal”, esclareceu a otorrino.

descongestionante-nasal-problemas-saude-otorirnos-curitiba

Os descongestionantes nasais são contraindicados em pacientes com hipertensão e diabetes.

Outro problema é que a ação dos descongestionantes não é apenas local, e parte da substância vasoconstritora é absorvida pela mucosa e entra na corrente sanguínea, podendo levar à arritmia, taquicardia, hipertensão, irritação nasal, insônia, tontura, dores de cabeça e retenção urinária.

Os descongestionantes são contraindicados em pacientes com hipertensão arterial, diabetes mellitus, hipotireoidismo, e hiperplasia prostática (aumento da glândula da próstata associado à idade que pode causar dificuldade em urinar).

Criança pode usar descongestionante nasal?
De acordo com Marília, deve-se evitar o uso do medicamento nas crianças pois ele é mais facilmente absorvido pela mucosa nasal e pode causar depressão do sistema nervoso central, podendo levar até a morte.

descongestionante-nasal-criancas-otorrinos-curitiba

Evite o uso de descongestionante em crianças.

“Bebês pequenos são ainda mais sensíveis a esse efeito, e seu uso é contraindicado em menores de um ano”, alerta a especialista.

Higiene do nariz
Mas como se livrar daquela sensação incômoda de nariz irritado, trancado e que fica coçando sem parar? A dica, segundo Marília, é apostar na lavagem nasal com soro fisiológico a 0,9%. “Hoje em dia existem diversas marcas e modos de aplicação. Manter o nariz limpo e descongestionado é um meio de obter uma qualidade de vida melhor”, finalizou a médica.

Diretor Técnico: Dr. Ian Selonke CRM-PR 19141 | Otorrinolaringologia

Comments are closed.