Gero Camilo Celebra o aniversário de Belchior na CAIXA Cultural Curitiba

O show, que celebra a obra do cantor cearense, será apresentado na capital paranaense em outubro. No dia 26 Belchior completaria 72 anos. Ingressos à venda na bilheteria do teatro

Admirador declarado de Belchior, o ator, poeta, dramaturgo, cantor e compositor Gero Camilo traz à Curitiba em outubro o show em que presta sua homenagem à obra e à memória do cantor cearense. Gero e a banda Caroço da Aurora apresentam o repertório do disco Alucinação e outros clássicos de Belchior, como Comentário a respeito de JohnParalelasCoração Selvagem, Mucuripe e Brasileiramente Linda. As apresentações serão na CAIXA Cultural Curitiba entre 24 e 27 de outubro, de quarta a sábado às 20h. Ingressos a R$30 e R$15, na bilheteria do teatro.

“Sempre fui fã da obra de Belchior. Quando era adolescente via shows dele em Fortaleza e ficava fascinado. Seus vinis tomavam conta da sala de minha casa”, comenta ele. As composições, adianta Gero, vêm com novos arranjos em uma releitura que tem a intenção de resgatar e celebrar o primor da musicalidade poética de Belchior e sua importância na música brasileira.

Antônio Carlos Belchior foi um artista enigmático. Em quase 40 anos de carreira e com uma produção de mais de 20 discos, revelou sentimentos e reflexões que embalaram gerações e ainda representam pensamentos contemporâneos sobre política e sociedade.

Gero Camilo -  Gero Camilo cursou a Escola de Arte Dramática (EAD), na USP. Em 2004, ele encenou a peça Aldeotas, de sua autoria, dirigida por Cristiane Paoli Quito, que ficou em cartaz por cinco anos e rendeu à diretora o Prêmio Shell. Seu primeiro livro, A Macaúba da Terra, publicado de forma independente em 2003 e relançado 10 anos depois, rendeu em 2003 a montagem de As Bastianas, pela Companhia São Jorge de Variedades. A trajetória no cinema começou ainda na EAD, com participações nos filmes “Cronicamente Inviável” e “Domésticas”. Mas foi em Bicho de Sete Cabeças, a primeira de muitas parcerias com Rodrigo Santoro, que Gero Camilo se tornou conhecido do grande público.

Entre os vários prêmios que já recebeu estão: o Troféu Redentor de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival do Rio, por Hotel Atlântico – 2009; Grande Prêmio Cinema Brasil de Melhor Ator Coadjuvante, por Narradores de Javé – 2004; Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Recife, por Narradores de Javé – 2003; Troféu Candango de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Brasília, por Bicho de Sete Cabeças – 2001; e Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, no Festival de Recife, por Bicho de Sete Cabeças – 2001.

Incentivo à cultura - A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Curitiba oferece, desde 2004, uma programação diversificada, com opções gratuitas ou a preços populares, estimulando a inclusão e a cidadania. O espaço, situado no centro da capital, conta com duas galerias, um teatro, uma sala de oficinas e tem 70 atrações previstas na programação de 2018.

Ficha técnica:

Banda:

Gero Camilo – voz

Simone Julian – sax e flautas

Hugo Carranca  – bateria

Rovilson Pascoal – guitarras

André Bedurê – contra-baixo

Teclados – a confirmar

Equipe técnica:

João Nunez – técnico de luz

Magrão – roadie

Bruno dos Reis – técnico de som

Produtora: Cinthia Albuquerque

Produção geral: Flávia Corrêa (Micuim Produções)

Produção local: Carol Teixeira

Serviço:

Música: Gero Camilo Canta Belchior

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR).

Data: de 24 a 27 de outubro de 2018 (quarta a sábado).

Horário: quarta, quinta, sexta e sábado, às 20h.

Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (De terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 16h às 19h.)

Duração: 80 minutos

Classificação etária: livre

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu