Feedback contínuo: o que é e por que adotá-lo na sua estratégia de pessoas?

Uma das grandes preocupações da área de RH sempre foi provar seu valor e tangibilizar em números o retorno do investimento feito em pessoas. Dessa necessidade, surgiu a avaliação de resultados, de desempenho e, mais recentemente, o feedback contínuo. Essas práticas se complementam, embora possuam objetivos distintos. Você sabe diferenciá-las?

Como explica o Vice-presidente da LG lugar de gente, Felipe Azevedo, enquanto a avaliação de resultados e de desempenho, que ocorrem em determinadas épocas do ano, são instrumentos de gestão, o feedback contínuo oferece a possibilidade de uma relação mais “horizontal” entre liderança e liderado. “Isso acontece ao simplificarmos e transformarmos em rotina a conversa sobre o que foi bem-feito e merece ser reconhecido e o que pode ser desenvolvido ou melhorado”, complementa Felipe.

Para o Educador Executivo Alexandre Prates, praticando o feedback de forma menos formal, o desempenho pode ser percebido no dia a dia. “O resultado acontece uma vez por mês, uma vez por semestre, uma vez por ano, dependendo de o quanto a empresa avalia essa métrica, mas o desempenho acontece diariamente, afinal todos os dias estou visitando clientes, estou lidando com a minha equipe e desempenhando alguma função. Como o desempenho é diário, o feedback também tem a necessidade de ser mais constante”, pontua o educador.

RESULTADO X DESEMPENHO

Alexandre reforça que muitas empresas confundiam a avaliação de resultado com a de desempenho. “Imagine que as empresas, há 15 e 20 anos, eram baseadas unicamente por resultados, isso significa que elas olhavam apenas a última linha, ou seja, deu lucro ou não deu. Mais recentemente as companhias começaram a dar mais importância aos atributos por trás dos resultados. Com isso, cai um pouco a formalidade do feedback, o que não quer dizer que as empresas não possam ter os seus modelos formais”, destaca.

Para Fabrizio Ortiz, trainer da Crescimentum, o fato de não rotular as pessoas com notas dá maior tranquilidade para trabalhar o desenvolvimento e a colaboração. E tira o foco da competição por números melhores do que os dos colegas e da politicagem para garantir índices maiores. “Retirar o uso das notas para desenvolver o desempenho exige maiores habilidades de liderança e comunicação dos líderes, assim como há uma necessidade de maior capacitação em feedback e liderança”, destaca.

Fabrizio acompanha de perto companhias que investem no feedback contínuo e garante que é possível observar um aumento exponencial na colaboração. “Maior proximidade e uso frequente de feedbacks pode gerar grande aumento de produtividade, inovação e resultados, por consequência”, reforça ele.

FIQUE POR DENTRO

Avaliação de resultado: combina métricas baseadas em metas com as competências a serem atingidas. O objetivo dela é avaliar o grau de contribuição dos esforços das equipes aos resultados esperados pelo negócio.

Avaliação de desempenho: é um processo adotado por empresas para mensurar o desempenho e comportamento de seus colaboradores a partir de critérios comuns.

Feedback contínuo: ferramenta que ajuda aprimorar as habilidades dos colaboradores com base no retorno constante sobre seu desenvolvimento.

Fonte: Blog Huma

Agilidade Gestão de Pessoas e Soluções em RH – Rh em Curitiba

MATÉRIAS RELACIONADAS:

1. DICAS PARA MANTER A MOTIVAÇÃO NO TRABALHO
2. VOCÊ REALMENTE SABE O QUE É TRABALHO EM EQUIPE?
3. AMAR O TRABALHO É O MELHOR JEITO DE TER SUCESSO NA SUA CARREIRA

Comments are closed.