Embratel inaugura Centro de Operações de Segurança

0
197

Ambiente utiliza modernas tecnologias para combater ataques cibernéticos

 

A Embratel anuncia a inauguração de seu novo Centro de Operações de Segurança (Security Operations Center – SOC) para atender clientes corporativos que desejam proteger seus negócios, dispositivos e aplicações de ataques cibernéticos. O novo centro fica em São Paulo e opera para clientes empresariais de todos os tamanhos e segmentos de mercado.

“A Embratel está na vanguarda do mercado e é a primeira empresa a ter um centro capaz de gerenciar até dispositivos de Internet das Coisas (IoT)”, afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel, destacando o pioneirismo da empresa com centros de segurança digital no Brasil.

O serviço de segurança da Embratel utiliza tecnologias de Análise de Comportamento, Inteligência Artificial e Cognitiva, além de Machine Learning, para garantir a segurança e ampliar a proteção contra-ataques sofisticados de forma mais aprofundada, ágil e precisa. O monitoramento permite examinar 100% dos eventos ocorridos nas redes móveis da Claro para os serviços de dados, voz e SMS, além de atuar de forma contínua (24 horas por dia, sete dias por semana).

A Embratel fornece às empresas um serviço de segurança completo de análise de dados em tempo real capaz de coletar e correlacionar informações de diferentes plataformas e dispositivos, além de outras fontes tecnológicas do ecossistema dos clientes. Estes eventos coletados são confrontados com os padrões de comportamento do ambiente do cliente e qualquer cenário anômalo identificado permite o início imediato de uma série de ações e medidas para mitigar e bloquear possíveis ameaças às aplicações, dispositivos e ao negócio das empresas.

“Ao reconhecer um possível perigo, os especialistas do SOC da Embratel atuam prontamente para conter o incidente. Desta forma, as ameaças são neutralizadas, diminuindo riscos de impactos operacionais, de reputação ou financeiros que afetam diretamente os negócios das organizações”, explica Rachid.

A identificação de comportamentos atípicos é complementada com consultas a bases de dados mundiais de ameaças, além de riscos recém-identificados, conhecidos como Zero-Day – ataques ainda não catalogados. Um portal contendo diferentes tipos de relatórios garante visibilidade às empresas sobre a situação do seu ambiente de TI, com visões técnicas e de negócio.

Os processos utilizados no SOC são suportados pelos mais atuais modelos operacionais e de gestão disponíveis no mercado. Todo o ambiente do SOC é equipado com elementos de monitoramento como videowall, monitores e computadores, sala de War Room para gerenciamento de crises e telepresença dedicada. O novo SOC da Embratel também atua como backup da operação do SOC no Rio de Janeiro.

Comments are closed.