Programa apoiado pelo Instituto TIM anuncia projetos que poderão chegar à Estação Espacial Internacional

0
365

Estudantes de São José dos Campos, Florianópolis e Sorriso terão a chance de enviar seus experimentos ao espaço em 2020; vencedor será anunciado ainda em dezembro

A competição Garatéa-ISS, programa apoiado pelo Instituto TIM, acaba de anunciar os três finalistas da edição de 2019. Projetos de alunos de São José dos Campos (SP), Florianópolis (SC) e Sorriso (MT) poderão viajar no espaço a bordo de um foguete da SpaceX até à Estação Espacial Internacional (ISS).

Em 2019, mais de 70 escolas de todo o Brasil inscreveram 89 projetos no site da Missão Garatéa (iss.garatea.space). Os três finalistas participam agora de um processo de qualificação para ajustes dos projetos. Ainda em dezembro, o vencedor será anunciado, com o aval da NASA. A equipe ganhadora também participará de um congresso em Washington.

A competição Garatéa-ISS está ligada ao Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), programa norte-americano que envia experimentos de alunos de 10 a 18 anos para o espaço. O projeto brasileiro viaja com iniciativas de estudantes dos Estados Unidos e Canadá. O experimento vencedor vai à estação espacial entre julho e agosto, a bordo do foguete da SpaceX.

Conheça os projetos finalistas:

  • Immuno Yeast in Space – Desenvolvido por alunos do 9º ano do Ensino Fundamental do Instituto Alpha Lumen (São José dos Campos – SP), o experimento quer testar se há alguma alteração na composição das paredes celulares de leveduras quando cultivadas sob microgravidade.
  • Space Osmosis – O projeto dos alunos do 3º e 4º anos do Ensino Fundamental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (Florianópolis – SC) pretende observar a osmose em um ambiente de microgravidade com a finalidade de possibilitar futuros experimentos relacionados à agricultura e à gastronomia.
  • A Influência da microgravidade sobre a degradação de lactose e o desenvolvimento de bactérias da flora intestinal – A pesquisa dos alunos da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Regina Coeli (Sorriso – MT) busca estudar o comportamento da lactose em um ambiente de microgravidade para compreender a relação coexistente entre a degradação deste açúcar e a gravidade.

 

Sobre o Instituto TIM

O Instituto TIM (www.institutotim.org.br) tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções em software livre); Inclusão (difusão do conhecimento) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação).

Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.

Comments are closed.