Educação continuada de cirurgiões de quadril é feita através de aulas virtuais

SBQ deve completar 20 encontros até o final do mês e promove ações virtuais também para a população

 Devido à quarentena que impede as reuniões científicas presenciais, as aulas de atualização de conhecimento dos associados da Sociedade Brasileira de Quadril – SBQ – estão sendo feitas através de encontros virtuais pela internet. Os eventos constam de palestras de professores e especialistas experientes e de mesas-redondas em que são apresentados e discutidos tanto o diagnóstico como o tratamento das patologias do quadril.

A Educação Continuada é necessária porque há uma constante evolução nos conhecimentos, técnicas, materiais e nos recursos para tratar dos problemas do quadril, mais numerosos em idosos e a população brasileira está envelhecendo. Apenas como exemplo, todos os anos, dezenas de milhares de brasileiros são submetidos a cirurgia para implantação de prótese total do quadril por muitos motivos, dente eles idosos com artrose e aqueles que tem doenças do quadril ou sofreram fraturas.

“Através dos ‘Encontros Virtuais com amigos verdadeiros’, nome do programa, estamos levando o que há de mais moderno em pesquisas, informação e evolução do conhecimento do Brasil e do exterior a nossos associados”, explica o presidente da SBQ, Giancarlo Polesello. A comprovação de que o projeto era necessário é a crescente frequência dos cirurgiões de quadril às aulas virtuais, quase duas dezenas de encontros e que já se aproxima de 200 participantes a cada sessão.

Entre os temas discutidos nas aulas do mês de maio estão: Como tratar as lesões condrais do quadril, Fratura do acetábulo no idoso, Indicações e técnica para as lesões posteriores do anel pélvico, Como estamos em 2020 quanto aos aspectos tribológicos da Artroplastia Total do Quadril, ATQ em situações difíceis, Lesões condrolabiais do quadril, Avaliação e tratamento da instabilidade pós-ATQ e Como planejar a revisão da ATQ.

“Temos intensificado a comunicação, desde o começo do ano, inclusive com a população. Lançamos uma série de vídeos já publicados no Facebook, Instagram e YouTube onde especialistas explicam, de forma didática e em um minuto, sobre os principais problemas do quadril”, explica o diretor de Comunicação da SBQ, Marco Pedroni.

Para o presidente da SBQ, a pandemia de Covid-19, que surpreendeu a todos, tem também criado oportunidades. “Estamos sendo ágeis para nos mobilizar e estar próximo dos associados com informações técnicas em todo o país”. A SBQ possui sete Regionais para integrar os especialistas do Brasil inteiro – Norte/Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste, Paulista, Rio de Janeiro, Paraná e Sul. “Os vídeos para a população têm outra dinâmica, mas conseguimos igualmente levar informações confiáveis e para isso as redes sociais e as plataformas de conexão têm sido nossas aliadas – ferramentas essenciais nesse momento”, completa o presidente.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img