Rugas profundas precoces: por que surgem antes dos 40 anos, como prevenir e como tratar?

Rugas mais demarcadas que surgem precocemente têm relação com os hábitos dos pacientes. Exposição solar sem fotoproteção, alimentação desbalanceada e tabagismo são os principais fatores que contribuem para o aparecimento das rugas mais cedo do que o normal

Rugas profundas precoces: por que surgem antes dos 40 anos, como prevenir e como tratar?De maneira geral, a partir dos 30 anos já é possível observar marcas de expressão. Os locais mais comuns dependem do tipo de expressão mais frequente em cada pessoa. Mas em algumas pessoas, antes dos 40 anos já é possível notar o aparecimento de rugas profundas, aquelas que são mais demarcadas mesmo em repouso. “Essas rugas mais profundas, ou volumetria negativa, tem a ver com os hábitos da paciente, principalmente com relação à exposição solar, alimentação, estresse, qualidade do sono e tabagismo”, afirma o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Por que elas surgem“Com cuidados diários como hidratação, proteção solar e hábitos saudáveis é possível postergar em 5 a 10 anos a evolução de rugas”, afirma o cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). No entanto, segundo o médico, com hábitos de vida ruins, as rugas mais profundas que deveriam aparecer após os 40 ou 50 podem surgir antes. “Além dos raios solares que degradam as proteínas de sustentação da pele e envelhecem o tecido cutâneo, sabemos que o cigarro causa grandes danos para o surgimento das rugas profundas. Ele prejudica a circulação de sangue na pele e, com isso, dificulta tanto a chegada de nutrientes como a liberação de toxinas. É como se fosse uma horta pouco irrigada que seca e produz poucos alimentos. Além disso, as rugas ao redor da boca, conhecidas como “código de barra” se acentuam muito nos fumantes pelo próprio movimento de segurar o cigarro entre os lábios”, diz o cirurgião plástico. “Também sabemos que o momento do sono é restaurador para a pele e para outros órgãos do corpo. Quando não dormimos direito não permitimos que as células sejam renovadas e os radicais livres eliminados. Isso tudo prejudica o aspecto da pele e predispõe o aparecimento de rugas”, acrescenta o Dr. Mário.

Como prevenir? A pele é o maior órgão do corpo e como tal vai ser influenciado diretamente pela oferta alimentos a que é exposta. Segundo o Dr. Abdo, em geral, qualquer alimento que cause inflamação e liberação de radicais livres são danosos para o nosso corpo em geral e para a pele. Então, é necessário evitar os carboidratos de menor valor glicêmico como açúcares, massas de farinha branca e alimentos com gordura saturada como as frituras. “Para prevenir, dê preferência para produtos integrais, que além de causar menos inflamação têm mais fibras. As gorduras boas presentes nas castanhas, por exemplo são uma forma de cuidado com a pele e prevenção do envelhecimento. A vitamina C, presente em sucos cítricos como laranja, acerola e limão, é um potente antioxidante e está envolvido com a produção de colágeno e elastina, que dão mais firmeza e mantém a pele mais bonita e saudável. Frutas vermelhas como maçã, uva e ameixas contém substâncias antioxidantes que retardam o processo de envelhecimento”, diz o cirurgião plástico.

Além disso, o Dr. Abdo Salomão explica que é necessário consultar um dermatologista para a indicação correta de produtos para hidratação e ação antienvelhecimento, não esquecendo nunca a proteção solar, que deve ser diária.

Quais são os principais tratamentos? De acordo com o dermatologista, hoje existem duas tecnologias que são ideais para o tratamento de rugas profundas: Surgical Derm e Ultrassom 3D Solon. “A nova tecnologia Surgical Derm enfrenta esse problema de maneira menos invasiva, com um sistema de plasma endodérmico de baixa temperatura que permite o tratamento das rugas em poucas sessões. Na grande maioria das vezes, uma sessão é suficiente, mas dependendo da profundidade e quantidade de rugas podemos fazer até três sessões a cada dois meses. Esse procedimento traz grande resultado em rugas profundas ao redor da boca e no pescoço”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr. “Essa tecnologia é um plasma que faz a sublimação (passagem direta de uma substância do estado sólido para o estado gasoso) da pele. Ele não carboniza. O Surgical Derm é um plasma frio que entra na pele com um orifício muito fino e se espalha na derme. Com isso, há uma grande contração da pele, que reduz de forma eficaz a flacidez e rugas com resultado percebido já na primeira sessão”, diz o médico.

Já o Ultrassom 3D Solon é indicado para peles com mais rugas profundas acompanhadas de flacidez facial. O tratamento é o único do mercado com tecnologia 3D para ajustar exatamente a profundidade onde o ultrassom irá agir e qual o tamanho do dano térmico, atingindo a derme e estimulando a produção de fibras de sustentação da pele, o que diminui a flacidez. “Isso permite um tratamento muito mais eficaz, na medida em que modulamos o tanto de contração do músculo e pele para o aparelho conseguir estimular mais colágeno com mais eficácia e menos dor”, diz o dermatologista.

O cirurgião plástico explica que, além da cirurgia das rugas, existem opções menos invasivas, como os preenchedores de ácido hialurônico, os bioestimuladores ou ainda o enxerto de gordura (ou lipoenxertia). “De qualquer maneira, o melhor é sempre procurar um médico para indicação do melhor procedimento para a necessidade do paciente”, finaliza o cirurgião plástico.

Fontes:

*DR. ABDO SALOMÃO JR: Doutor em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Membro da American Academy of Dermatology (AAD), Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e do Colégio Ibero Latino Americano de Dermatologia. Professor universitário, Dr. Abdo Salomão Jr. ministra aulas nos principais congressos nacionais da especialidade. Além disso, já deu aulas na Austrália, Itália e Coréia do Sul. É uma referência em conhecimento de lasers e tecnologias para fins dermatológicos e estéticos. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior..           *DR. MÁRIO FARINAZZO: Cirurgião plástico, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o médico é especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Professor de Trauma da Face e Rinoplastia da UNIFESP e Cirurgião Instrutor do Dallas Rinoplasthy™ e Dallas Cosmetic Surgery and Medicine™ Annual Meetings. Opera nos Hospitais Sírio, Einstein, São Luiz, Oswaldo Cruz, entre outros. www.mariofarinazzo.com.br

maria.claudia@holdingcomunicacoes.com.br

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img