Lição de vida: Associação da RMC traz pedagogia de primeiro mundo para pessoas vulneráveis

“Antes era preciso ir até as escolas da região para conseguir indicações. Hoje já temos uma lista de interessados, fruto do bom trabalho e do boca a boca”. Essas são as palavras ditas com um enorme sorriso por Daniel Havro, gestor e mobilizador de recursos da Associação Solar Ita Wegman, entidade sem fins lucrativos que atende crianças, jovens e adultos com deficiência ou em risco de vulnerabilidade social na cidade de Campo Magro, Região Metropolitana de Curitiba.  O trabalho da Associação é divulgado entre as próprias famílias, que se comunicam entre si, além das reuniões feitas pela própria Ita Wegman, gerando uma alta na procura. Se até 2019 eram 36 vagas na maioria por crianças, agora a instituição já está com 60.

O que faz a Associação Solar Ita Wegman
A Associação Solar Ita Wegman é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 7 de fevereiro de 2008 dedicada ao atendimento de crianças, jovens e adultos com deficiência ou em risco de vulnerabilidade social na cidade de Campo Magro, RMC de Curitiba. A entidade recebe apoio tanto de empresários locais quanto  de grandes corporações, como o banco Itaú, e está aberta para novos apoiadores que acreditam no trabalho social realizado pelos voluntários da Associação.

As bases da Ita Wegman nasceram em outubro de 2007 a partir da necessidade de atendimento de duas crianças com deficiência intelectual e do apoio de um pequeno grupo de pessoas. O Jardim Waldorf Cordão Dourado cedeu o espaço físico para o início das atividades.

Hoje, a Associação Solar Ita Wegman recebe crianças e adultos, muitos provenientes do próprio bairro Jardim O Bom Pastor, em Campo Magro, e outros de municípios ao redor, incluindo Curitiba, para  diversas atividades de inclusão social.

Para manter toda a estrutura funcionando, o Ita Wegman precisa de mais apoiadores. A venda de produtos criados pelos alunos é algo simbólico e possui o intuito de inclusão social mais do que um retorno financeiro:

“A gente vive do nosso espaço para cursos e da venda de livros, além de doações oriundas do programa Nota Paraná, de Imposto de Renda e de editais que nos inscrevemos, além de bazar de roupas e outros eventos diversos. Algumas famílias de crianças que podem nos ajudar, contribuem de diversas maneiras, porém nenhum apoiador corresponde a mais do que 22% do nosso orçamento, que é bem pulverizado”. No total, são 15 funcionários remunerados, cinco voluntários fixos e um estagiário.

A pedagogia
A Pedagogia Waldorf é uma abordagem pedagógica baseada na filosofia da educação do filósofo austríaco Rudolf Steiner, em 1924,  fundador da antroposofia. A pedagogia procura integrar de maneira holística o desenvolvimento físico, espiritual, intelectual e artístico dos alunos. Também conhecida como Pedagogia Curativa ou Terapia Social, esta é a base do Ita Wegman. É um método usado com sucesso no tratamento de pessoas com deficiência em diversas instituições ao redor do mundo:

“Nós destinamos este conhecimento para as pessoas mais carentes e em situação de vulnerabilidade, tirando um pouco de ideia que muito possuem de que é um método destinado para pessoas com dinheiro, que é uma pedagogia aplicada em escolas muito caras e elitistas, justamente pelo seu alto valor. O Ita Wegman  destina o melhor desta metodologia para pessoas em situação de vulnerabilidade”

A pedagogia Waldorf está fundamentada nos conceitos da antroposofia, ciência que estuda o ser humano em seus três aspectos: físico, de alma e do espírito. Ou seja, trata-se de uma pedagogia focada no desenvolvimento do ser humano.

Na prática, o instituto destina seu olhar no desenvolvimento da criança de forma integral, com atenção redobrada para a motricidade, a arte e o senso estético além do desenvolvimento de diversas atividades naturais e reais: 

“Desde pular em árvores até fazer crochê, passando por aulas de música e fabricação de artefatos de madeira, nós queremos desenvolver a cognição, a aprendizagem e a alfabetização. Tudo isso tem que estar junto, pois a criança precisa correr, brincar e ter acesso à arte. Esse contato mais humano e com as famílias das crianças é a chave.  Nos possibilita enxergar esses detalhes como um todo.” 

Mundo real em pauta
Daniel não acredita na visão de turno e contraturno escolar, quando a criança já teve a sua carga de estudos e recebe mais aulas com um monte de tarefas.  Na metodologia aplicada pela Ita Wegman, a verdadeira aprendizagem não é conquistada sem o contato com o mundo real:

“Não vamos aprender física de verdade se não houver contato prático com a alavanca  destes brinquedos e nas brincadeiras. Trazendo para o mundo tecnológico para exemplificar, de nada adianta a criança receber um tablet aos três anos de idade se ela não tem vivência de mundo para entender como este tablet funciona, como é feita a programação.  Muitos se tornam apenas usuários de uma tecnologia que ela nem imagina o que está por trás e o mesmo se aplica com outras coisas do dia a dia. Aqui, elas aprendem muito como as coisas funcionam, através de criatividade.” 

Na prática
Uma das atividades que melhor ilustram o trabalho realizado na instituição é a horta. É preparada seguindo todo um processo mostrando como a terra arada vai receber o trigo, que vai crescer e gerar o trigo que, em breve, será convertido em pão caseiro” Procuramos explicar que tudo tem um processo  para construir e que tem um mundo real por trás de tudo o que é feito. Primeiro eles conhecem o mundo que vai ser programado antes de receber em uma tela. Priorizamos muito esse contato com a área verde” finaliza Daniel.

Para ajudar
Pessoas físicas e jurídicas que queiram fazer parte desta transformação podem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (41) 3109-7776  e (41) 99901-4636.

A Associação Solar Ita Wegman fica na  Rua João Alex, 269, bairro Jardim O Bom Pastor, Campo Magro, Paraná.

 

Comments are closed.