Especialista aponta aumento nos acidentes domésticos de visão durante a pandemia

Olho vermelho, piora na visão e dor são sinais de lesões, alerta oftalmologista do Hospital Angelina Caron. Tratamento imediato reduz risco de perda da visão

Os longos períodos de isolamento social e quarentena a que tem sido submetida boa parte da população desde o início da pandemia da Covid-19 têm reduzido os registros de acidentes de trabalho e até mesmo no trânsito. Por outro lado, são cada vez mais recorrentes os acidentes domésticos. Alguns parecem simples, mas podem esconder um perigo grave de perda de visão. É o que alerta o médico oftalmologista Décio Brik, do Hospital Angelina Caron (HAC).

“Temos recebido mais pacientes com dor nos olhos, olho vermelho ou visão turva, após incidentes domésticos como queima de lixo, explosão de latas de spray e até ocasionados por pequenos reparos com furadeira, sem uso de óculos de proteção. Mesmo para quem usa óculos de grau, colocar um EPI (equipamento de proteção individual) de policarbonato, próprio para martelar e furar, pode evitar que pequenos estilhaços, brocas soltas ou pregos causem algum dano ocular”, explica.

Outro tipo comum de acidente com os olhos envolve a queima de fogos de artifício. “Alguns produtos podem vir com erro de fabricação que geram problemas graves, algo bem comum no fim do ano nos prontos socorros. Os casos graves podem causar perda visual, temporária ou definitiva. Os pais precisam ficar atentos a algumas brincadeiras das crianças, como bomba de cal (mistura de água e cal numa garrafa de plástico, que explode quando arremessada), que pode gerar queimadura química nos olhos. Já atendemos casos assim no HAC, além dos acidentes mais comuns com crianças, que envolvem corpos estranhos colocados no olho.”

Acidentes de trabalho

Já em relação aos acidentes de trabalho, Brik aponta os tipos mais comuns. “Também envolvem corpos estranhos, ao se utilizar sem o devido cuidado uma cortadeira, roçadeira, que podem arremessar pequenos objetos em alta velocidade e gerar traumas severos. Em acidentes automobilísticos, quando não há uso de cinto de segurança, pode haver estilhaço de vidro. E trabalhadores braçais que não usam os EPIs de proteção para os olhos também podem se lesionar”, reforça o oftalmologista.

Tratamento imediato

Quando alguém sentir irritação prolongada nos olhos, vermelhidão ou piora da visão, a orientação é procurar o socorro médico oftalmológico imediatamente. “Existem fragmentos muito pequenos que só são vistos com Raio X. É importante buscar de forma rápida o atendimento médico especializado para evitar lesões graves, já que o tempo perdido de recuperação pode agravar o trauma. Vale lembrar que os casos sem perda de visão podem ser revertidos com tratamento.”

Especialistas em Oftalmologia

No Hospital Angelina Caron, o Serviço de Oftalmologia realiza o tratamento de todos os tipos de doenças dos olhos, com uma equipe de especialistas em córnea, catarata, retina, glaucoma, estrabismo e oftalmopediatria, neuro-oftalmologia, plástica ocular, uveítes e lentes de contato. Na área do ensino, o HAC conta com um Programa de Residência Médica com duração de três anos que já formou mais de 20 especialistas. Além isso, o Serviço de Oftalmologia administra um Banco de Olhos que distribui tecidos para transplantes para várias regiões do país, com investimentos constantes em equipamentos e tecnologias à serviço do paciente.

Sobre o Hospital Angelina Caron

O Hospital Angelina Caron está localizado na cidade de Campina Grande do Sul, na Grande Curitiba (PR). A instituição é um centro médico-hospitalar de referência no Sul do Brasil. Realiza, anualmente, 2,07 milhões de procedimentos em pacientes de todo o país, sendo um dos maiores parceiros do SUS no Estado.  Reconhecido internacionalmente, o Serviço de Transplantes de Órgãos do hospital realiza anualmente cerca 250 procedimentos nas áreas hepática, renal, reno-pancreática, cardíaca e de tecidos corneanos, tendo ainda o credenciamento do Ministério da Saúde para transplantes pediátricos e de pulmão. Com investimentos frequentes em tecnologia e equipamentos de última geração, atua em todas as vertentes da medicina e é um centro tradicional de fomento ao ensino e à pesquisa.