Vacinne inicia atendimento em fevereiro no Ahú

0
528

Com foco no diagnóstico, prevenção e controle, clínica de vacinação inaugura também uma unidade de exames laboratoriais

Com mais de 20 tipos de vacinas e um investimento de R$ 1 milhão, a Clínica Vacinne inaugura em fevereiro, no bairro do Ahú, em Curitiba.  O local oferece uma gama completa de vacinas exigidas pelo Calendário Nacional de Vacinação, com opções indicadas para manter a saúde em dia, além de uma unidade de coleta do LANAC – Laboratório de Análises Clínicas.

Segundo a proprietária da clínica, a bioquímica Alessandra Ferreira Kozlowski, a Vacinne foi estruturada para oferecer conforto e agilidade para os clientes, com foco no diagnóstico, prevenção e controle de doenças. “Muitas vezes, o momento da vacinação envolve medo e apreensão. Estruturamos um espaço para que todo o processo, desde a chegada, documentação e aplicação da vacina, aconteça da forma mais rápida possível, diminuindo assim o tempo de permanência na clínica e possíveis tensões”, explica. A nova empresa conta com seis colaboradores especializados e capacitados, entre técnicos, auxiliares, farmacêuticos, enfermeira e equipe de higienização.

Além de um amplo e moderno espaço, a Vacinne possui também uma sala exclusiva para vacinação de bebês e crianças. A clínica oferece também a aplicação simultânea, de diversas vacinas ao mesmo tempo, diminuindo assim o desconforto do paciente, especialmente nas crianças.

Para completar o serviço, anexo à clínica, um posto de coleta LANAC – Laboratório de Análises Clínicas também está à disposição dos clientes. O laboratório, 100% paranaense, realiza mais de dois mil tipos de exames e traz para a clínica a segurança e excelência dos serviços prestados há 30 anos pelo LANAC. Essa é a 63º unidade do laboratório, que conta com profissionais especialistas também em coleta infantil.

“A Vacinne e a unidade de coleta do LANAC funcionam totalmente independentes, mas podem ser também complementares para colocar a saúde em dia, atualizando a carteira de vacinação e realizando os exames periódicos”, afirma Kozlowski. Ela lembra que a vacina para a COVID-19 não está disponível para nenhuma clínica privada. No momento, todas as doses disponíveis são direcionadas para o Programa Nacional de Imunizações (PNI), seguindo os critérios de grupos definidos pelo Ministério da Saúde.  “Já estamos em busca para oferecer a vacina contra o coronavírus, logo ela seja liberada pelos órgãos competentes”, finaliza.

Serviço: Vacinne e LANAC

Av. Anita Garibaldi, 2075 – Ahú

Segunda a sexta: 7h às 18h

Sábados: 7h às 13h

Contato: 41 30773290