Buysoft na lista do Financial Times das 500 empresas que mais crescem nas Américas pelo segundo ano consecutivo

Ranking do Financial Times utiliza taxa de crescimento anual composta para classificar as empresas sediadas nos 20 países das Américas pela velocidade de crescimento.

A empresa fechou 2020 com 142,8% de crescimento, R$ 43,6 milhões de faturamento, 13,3% de crescimento ano a ano e 15,8% de aumento da rentabilidade em relação a 2019.

O diário britânico Financial Times, um dos mais conceituados do mundo para os segmentos de negócios e economia, acaba de divulgar a segunda edição do ranking das empresas com crescimento mais rápido das Américas em parceria com a Statista, uma empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores.

E mais uma vez a Buysoft, uma das maiores empresas de licenciamento de software e soluções em TI do Brasil, está presente na lista à frente, em percentual de crescimento, de gigantes globais, como Netflix e AirBnb, e brasileiras, como a Sicoob, que apresentou o maior crescimento na área de serviços financeiros.

A edição 2021 do ranking conta com 30 empresas brasileiras. A Buysoft é uma das 14  presentes nas duas edições, sendo a mais jovem de todas e ocupando a posição de número 369. As empresas de tecnologia representam 28% da lista

Para Clemilson Correia, fundador e CEO da Buysoft, “Estar presente no ranking é um reconhecimento que nos enobrece e nos engrandece. Que mostra que nós fizemos bem, pautado em uma estratégia sólida e através de um planejamento consistente. Indica também um caminho futuro, ainda mais por ser a segunda vez nesse ranking, isso indica que o futuro nos reserva algo grandioso”.

“No ano passado nós ficamos à frente do Netflix e PayPal e esse ano ficamos à frente de Netflix e AirBnb, entre outras grandes empresas.  O trabalho realizado de uma forma disciplinada e com consistência, dedicação, coragem, amor, baseado em fundamentos sólidos, planejamento estratégico claro, com uma missão e uma visão muito bem construída,  vale a pena”, garante o executivo.

2020: um ano de desafios e resultados expressivos

Em 2020 nem o novo coronavírus e nem os efeitos do isolamento social conseguiram impedir o crescimento expressivo da empresa que tem como core business a tecnologia da informação, que muito contribuiu para a produtividade e a segurança do trabalho remoto em meio à pandemia.

A empresa fechou 2020 com 142,8% de crescimento, R$ 43,6 milhões de faturamento, 13,3% de crescimento ano a ano e 15,8% de aumento da rentabilidade em relação a 2019. Mesmo com a grande variação cambial puxando para baixo a rentabilidade, a Buysoft obteve um crescimento expressivo em comparação a 2019, que já havia sido muito bom.

Com 36% do crescimento concentrado em soluções de transformação digital para a área de Arquitetura, Engenharia e Construção Civil, o principal destaque foi a modernização de empresas varejistas, construtoras e prefeituras e órgãos governamentais com os processos BIM.

O segmento de Digital Workplace também foi destaque no quesito aumento de crescimento, com 13% de participação no resultado graças a ferramentas de ponta que melhoram a produtividade e modernizam processos de negócios, permitindo a colaboração entre equipes utilizando a computação em nuvem.

O ano de 2020 foi especial em vários sentidos para a Buysoft, começando pelo fato da empresa ter completado 10 anos em setembro e culminando na parceria com a consultoria do Gartner, mundialmente reconhecida.

Com isso, a empresa passou a ter acesso a todos os analistas do Gartner globalmente e, em conjunto, traçaram os objetivos e estratégias da empresa para os próximos 10 anos. Se nos primeiros anos de vida a empresa cresceu 13 mil vezes, para os próximos 10 anos o objetivo é atingir R$ 1 bilhão de faturamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui