Qual a importância da caridade e da amizade em nossas vidas?

Independente de uma data específica ou de crenças religiosas, a caridade e a solidariedade devem ser praticadas cotidianamente.
Independente de uma data específica ou de crenças religiosas, a caridade e a solidariedade devem ser praticadas cotidianamente.
Se você tem um amigo de verdade – com quem compartilha sentimentos, angústias e diferentes opiniões – nada melhor do que agradecer a atenção e a presença dele em sua vida, pois ultimamente são raras as pessoas que se importam com os outros e os ajudam a evoluir nas ações diárias.

No mês de julho, existem três ocasiões propícias a essas reflexões: o Dia da Caridade, celebrado nesta segunda-feira (19), o Dia do Amigo e o Dia Internacional da Amizade, comemorados na terça (20).


A caridade tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a prática e a difusão da solidariedade para ajudar os menos favorecidos e desenvolver o bom entendimento entre todos os seres humanos. Por sua vez, a amizade engloba o afeto, a lealdade e a proteção entre os indivíduos.

“Todas essas ações devem ser espontâneas, sinceras e com o profundo desejo de aliviar a dor alheia. Às vezes basta um sorriso, um abraço e palavras de carinho. São gestos simples, mas que fazem enormes diferenças na vida de quem está com alguma dificuldade”, explica o escritor paranaense Odil Campos; que já publicou dez títulos entre romances, psicografias, mensagens e estudos mediúnicos pela Editora Flor de Lis.

Enxergar-se no outro

Segundo a ONU, os conceitos de caridade – como o voluntariado e a filantropia – ajudam na criação de sociedades mais inclusivas e mais resilientes. Em diferentes religiões, o sentimento altruísta é definido como o desejo de amar e ajudar ao próximo. Mas então, porque ainda presenciamos tantas injustiças sociais em diversos países?

Campos – que há mais de 40 anos faz pesquisas e estudos relacionados ao para-psiquismo e à espiritualidade – explica a esse respeito. Segundo ele, “infelizmente, grande parte dos homens pensam em si mesmos e não querem ter o trabalho de se ver no próximo, para não ter que se modificarem e se tornar melhores do que são”.

Bons exemplos

Independente de uma data específica ou de crenças religiosas, a caridade e a solidariedade devem ser praticadas cotidianamente. Madre Teresa de Calcutá dedicou toda sua vida para trazer conforto e bem estar aos mais necessitados na Índia.

O brasileiro Chico Xavier também atuou para propagar o bem e a caridade por meio dos preceitos da doutrina espírita. Francisco de Assis foi outro grande exemplo de amor humanitário, quando falou ao Velho Continente sobre a bondade – num tempo em que o mundo era visto como essencialmente mau.

“Os três são personificações positivas reconhecidas mundialmente. Também há os anônimos, que simplesmente praticam e exercem o bem, pois o ato de servir ao outro sempre nos transforma para melhor. Se a solidariedade fosse vivida como princípio que ordena a sociedade, o mundo seria diferente, mais justo e fraterno”, lembra o escritor Odil Campos.

E continua: “se ajudar o próximo, trabalhar pela inclusão social e diminuir o sofrimento das pessoas está relacionado com a caridade e a amizade, o mês de julho pode ser entendido como um excelente momento para colocar em prática esses conhecimentos”.

“A amizade, assim como o amor, é dada de graça e semeada ao vento, como dizia o poeta Carlos Drummond de Andrade. Portanto, esteja sempre entre amigos e faça a data valer todos os dias”, ressalta o escritor.

Leituras que edificam

Para quem deseja aprofundar os conhecimentos sobre os temas amizade e caridade, o livro “O Renascimento” (Ed. Flor de Lis, 248 págs., R$ 45) trata das relações cármicas, dos sentimentos e realizações para ajudar o leitor a descobrir o próprio interior.

Já a obra “A Saga de um Espírito” (Ed. Flor de Lis, 403 págs., R$ 58) aborda a consciência espiritual que é adquirida do outro lado da vida e as razões fundamentais da nossa existência na Terra.

Por sua vez, o título “O Bem e o Mal” (Ed. Flor de Lis, 170 págs., R$ 40) traz uma narrativa envolvente e cheia de reviravoltas que esclarece as ligações existentes na intrincada teia cármica da vida de cada um e mostra a grandeza da misericórdia divina.

Todos os livros são do autor Odil Campos, estão à venda no site www.editoraflordelis.com.br, em diversas redes de livrarias do Brasil e nos principais marketplaces do país.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui