Os amores e desamores são transformados em um rock bem humorado e irônico nas músicas da novíssima banda gaúcha Caradura. Em “Sérgio”, um relacionamento em crise ganha tons de festa em um clipe de estética oitentista. A canção está disponível nas principais plataformas.

Assista ao clipe “Sérgio”: https://youtu.be/lHcreItYs1I

Ouça “Sérgio”: https://smarturl.it/CaraduraSergio

A banda formada por Rogê Cabret e Sérgio Mastrantonio busca um olhar pop e acessível para canções sobre amores e desamores, sempre com uma veia rock pulsante. A nova faixa fala sobre o desconforto de alguém que tem seu nome trocado pela pessoa amada e que vai aceitando o desgaste da relação.

“A banda Caradura é um trabalho que vem sendo gestado há algum tempo. Nossa ideia, desde o princípio, foi criar uma banda que fizesse canções com sonoridade do rock, mas acessível a qualquer ouvido e que falasse exclusivamente sobre o amor, seus sabores e seus dissabores, e sempre que possível, de forma leve e irreverente”, resume Rogê.

O projeto inaugura também novos alter egos para dois nomes de destaque da cena do Sul do país, buscando um recomeço sem amarras. Eles se conheceram de um modo curioso: em um aeroporto brasileiro, anos atrás. Sergio estava de mudança para a Europa e Rogê, no meio de uma viagem entre São Paulo e Buenos Aires. Em comum, seus vôos atrasados. Eles começaram a conversar para passar o tempo e surgiu uma amizade que ultrapassou as distâncias. No início do ano passado, ambos se reencontraram para começar o trabalho que há tanto tempo construíam à distância. 

Com produção de Protásio Júnior (Humberto Gessinger, Duca Leindecker, Pouca Vogal), os singles, clipes e o álbum da Caradura foram executados através do Edital Criação e Formação Diversidade das Culturas realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/20.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui