Tintas Verginia completa 30 anos e comemora 28% de crescimento em 2021

Com mais de 100 mil clientes atendidos em 2021 e 32 lojas no PR e SC, empresa ultrapassa os R$ 140 milhões de faturamento

Com mais de 100 mil clientes atendidos em 2021 e 32 lojas no PR e SC, empresa ultrapassa os R$ 140 milhões de faturamento A Tintas Verginia acaba de completar 30 anos de atividades e comemora junto aos seus mais de 300 colaboradores que tiveram papel importante nessa história. Atualmente com 32 lojas no Paraná e Santa Catarina, a empresa inicia seu processo de sucessão na gestão e preparação para os próximos 30 anos. “Hoje, a empresa se mantém constituída 100% pela família, com os fundadores na cadeira da presidência e os herdeiros compondo a diretoria, com apoio dos gerentes de área e suas respectivas equipes. Os planos são, para os próximos anos, continuar profissionalizando a empresa e melhorar a performance operacional e financeira, trazendo aspectos de inovação e sustentabilidade socioambiental para o planejamento estratégico”, explica Eduardo Bathke, atual diretor da empresa. O crescimento da empresa sempre aconteceu de forma orgânica, sem grandes endividamentos e alavancagem. Desde 1991, a família e fundadores sempre estiveram à frente do negócio e somente após sete anos da inauguração da primeira loja, em Santa Felicidade, o casal fundador Aricle Iurck e Nelson Bathke contrataram sua primeira equipe completa, com sete funcionários e em 2001, abriram a segunda loja. Para acirrar a competitividade, a empresa criou uma fábrica de massas e texturas em 2006. Em 2014, com o aumento do número de lojas, fez-se necessário construir um novo centro de distribuição, com mais cinco mil metros quadrados. Atenta às novas necessidades do mercado, em 2015 a marca lançou o primeiro e-commerce de tintas do país. Hoje, o sistema de entregas com logística própria entrega produtos em até 24 horas nas áreas onde atua e os pedidos podem ser feitos tanto pelo site, como pelo WhatsApp. Em reconhecimento, a marca já recebeu o prêmio Top de Marketing da ADBV-PR e figura atualmente como a maior revenda de tintas do sul do país. Visando manter a qualidade no atendimento e nos serviços, a marca optou por ter apenas lojas próprias. Atualmente, são 32 lojas especializados em tintas. Neste ano, quatro novas unidades já foram inauguradas, três em Florianópolis (SC) e outra em Ponta Grossa (PR). “O planejamento da empresa sempre foi muito pé no chão. Não somos uma empresa alavancada e todos nossos investimentos e expansões são feitos com recursos próprios e calculados de forma a correr pouco risco. Sendo assim, o plano é continuar crescendo no mesmo ritmo que a empresa e mercado crescem, de forma orgânica, conforme a empresa vai gerando caixa e resultado”, declara Bathke Seguindo esta estratégia de sucesso, a empresa já fatura R$ 140 milhões por ano. Em 2020, cresceu 100% em lucratividade e deve fechar este ano com 28% de crescimento em faturamento, com mais de 100 mil clientes atendidos e uma fatia generosa de 30% em market share em Curitiba e Região Metropolitana. As conquistas da marca provam que é possível alinhar grandes resultados a responsabilidade social e ambiental. Buscando aplicar as melhores práticas em ESG (environmental, social and governance), a empresa iniciou no final de 2019 um projeto piloto de logística reversa batizado de “Coleta Colorida”, para recolher, reciclar e reaproveitar restos de tintas e materiais de pintura usados. Atualmente, são 12 pontos de coleta em Curitiba e mesmo quem não é cliente da marca pode fazer o descarte dos materiais. Todo o material reaproveitado por meio do programa ajuda a ampliar ações sociais de mais de 50 instituições parceiras em diversas áreas de atuação em Curitiba e região. As ações vão desde a revitalização de escolas públicas e entidades beneficentes à doação de alimentos e oferta de cursos profissionalizantes. Mudanças na gestão Quando os fundadores decidiram que era hora de desacelerar e ceder mais espaço para os filhos, a empresa dedicou-se e implantou um processo de profissionalização da gestão. Para Bathke, os constantes estudos, pesquisas e aprimoramentos trouxeram outros benefícios para a marca, principalmente em performance e relacionamento com os funcionários que hoje já são mais de 300. “Na área financeira, trouxemos a contabilidade para dentro da empresa, ganhando mais controle das finanças, custos e despesas. Hoje, temos total domínio sobre os resultados e performance de cada unidade de negócio. Na área de logística, melhoramos a capacidade de armazenamento, agilidade de entrega e otimização de rotas. Por fim, na área comercial padronizamos nosso atendimento e implementamos gestão por indicadores na área de vendas”, comemora. O maior destaque está na área de gestão de pessoas, com a introdução de políticas organizacionais e a implementação de um plano de carreira que foca no desenvolvimento constante dos colaboradores e no seu reconhecimento. Além do foco em cultura da organização, com ferramentas, treinamentos, avaliações e pesquisas de clima. Outro diferencial é a participação de lucros - que está totalmente atrelada aos OKR´s (Objective Key Results). Desta forma, todos os funcionários da empresa têm responsabilidades alinhadas aos objetivos da empresa e, como recompensa, coparticipação nos resultados. Tudo isso fez com que a marca recebesse em 2020 o Prêmio Lugares Incríveis para Trabalhar, uma iniciativa do UOL e da Fundação Instituto de Administração (FIA). Ainda em 2020, a marca criou um grupo de inovação formado por pessoas de todos os níveis e cargos da empresa. Um ano depois, o grupo já propôs mais de dez projetos que geraram melhorias, economia e incremento de receita da empresa. E ainda existem mais de 30 projetos em andamento e um banco de ideias repleto de oportunidades a serem exploradas. “Queremos nos aproximar ainda mais de cada colaborador e fazer com que cada um participe ativamente da gestão da empresa com olhar de pertencimento. Pretendemos implementar a comunicação aberta e que todos tenham acesso às informações, possam dar sugestões, ideias e propor melhorias dentro ou fora dos seus setores, focando cada vez mais em autonomia e liberdade na execução das tarefas”, finaliza Bathke.
Loja Conceito no Barigui.

A Tintas Verginia acaba de completar 30 anos de atividades e comemora junto aos seus mais de 300 colaboradores que tiveram papel importante nessa história. Atualmente com 32 lojas no Paraná e Santa Catarina, a empresa inicia seu processo de sucessão na gestão e preparação para os próximos 30 anos.

“Hoje, a empresa se mantém constituída 100% pela família, com os fundadores na cadeira da presidência e os herdeiros compondo a diretoria, com apoio dos gerentes de área e suas respectivas equipes. Os planos são, para os próximos anos, continuar profissionalizando a empresa e melhorar a performance operacional e financeira, trazendo aspectos de inovação e sustentabilidade socioambiental para o planejamento estratégico”, explica Eduardo Bathke, atual diretor da empresa.

Tintas Verginia completa 30 anos e comemora 28% de crescimento em 2021
Os herdeiros da marca, Rodrigo e Eduardo Bathke (direita), se prepararam para o processo de sucessão com os pés no chão e olhos atentos para os próximos 30 anos.

O crescimento da empresa sempre aconteceu de forma orgânica, sem grandes endividamentos e alavancagem. Desde 1991, a família e fundadores sempre estiveram à frente do negócio e somente após sete anos da inauguração da primeira loja, em Santa Felicidade, o casal fundador Aricle Iurck e Nelson Bathke contrataram sua primeira equipe completa, com sete funcionários e em 2001, abriram a segunda loja. Para acirrar a competitividade, a empresa criou uma fábrica de massas e texturas em 2006. Em 2014, com o aumento do número de lojas, fez-se necessário construir um novo centro de distribuição, com mais cinco mil metros quadrados.

Atenta às novas necessidades do mercado, em 2015 a marca lançou o primeiro e-commerce de tintas do país. Hoje, o sistema de entregas com logística própria entrega produtos em até 24 horas nas áreas onde atua e os pedidos podem ser feitos tanto pelo site, como pelo WhatsApp. Em reconhecimento, a marca já recebeu o prêmio Top de Marketing da ADBV-PR e figura atualmente como a maior revenda de tintas do sul do país.

Visando manter a qualidade no atendimento e nos serviços, a marca optou por ter apenas lojas próprias. Atualmente, são 32 lojas especializados em tintas. Neste ano, quatro novas unidades já foram inauguradas, três em Florianópolis (SC) e outra em Ponta Grossa (PR).

“O planejamento da empresa sempre foi muito pé no chão. Não somos uma empresa alavancada e todos nossos investimentos e expansões são feitos com recursos próprios e calculados de forma a correr pouco risco. Sendo assim, o plano é continuar crescendo no mesmo ritmo que a empresa e mercado crescem, de forma orgânica, conforme a empresa vai gerando caixa e resultado”, declara Bathke

Seguindo esta estratégia de sucesso, a empresa já fatura R$ 140 milhões por ano. Em 2020, cresceu 100% em lucratividade e deve fechar este ano com 28% de crescimento em faturamento, com mais de 100 mil clientes atendidos e uma fatia generosa de 30% em market share em Curitiba e Região Metropolitana.

As conquistas da marca provam que é possível alinhar grandes resultados a responsabilidade social e ambiental. Buscando aplicar as melhores práticas em ESG (environmental, social and governance), a empresa iniciou no final de 2019 um projeto piloto de logística reversa batizado de “Coleta Colorida”, para recolher, reciclar e reaproveitar restos de tintas e materiais de pintura usados. Atualmente, são 12 pontos de coleta em Curitiba e mesmo quem não é cliente da marca pode fazer o descarte dos materiais.

Todo o material reaproveitado por meio do programa ajuda a ampliar ações sociais de mais de 50 instituições parceiras em diversas áreas de atuação em Curitiba e região. As ações vão desde a revitalização de escolas públicas e entidades beneficentes à doação de alimentos e oferta de cursos profissionalizantes.

Mudanças na gestão

Quando os fundadores decidiram que era hora de desacelerar e ceder mais espaço para os filhos, a empresa dedicou-se e implantou um processo de profissionalização da gestão. Para Bathke, os constantes estudos, pesquisas e aprimoramentos trouxeram outros benefícios para a marca, principalmente em performance e relacionamento com os funcionários que hoje já são mais de 300.

“Na área financeira, trouxemos a contabilidade para dentro da empresa, ganhando mais controle das finanças, custos e despesas. Hoje, temos total domínio sobre os resultados e performance de cada unidade de negócio. Na área de logística, melhoramos a capacidade de armazenamento, agilidade de entrega e otimização de rotas. Por fim, na área comercial padronizamos nosso atendimento e implementamos gestão por indicadores na área de vendas”, comemora.

O maior destaque está na área de gestão de pessoas, com a introdução de políticas organizacionais e a implementação de um plano de carreira que foca no desenvolvimento constante dos colaboradores e no seu reconhecimento. Além do foco em cultura da organização, com ferramentas, treinamentos, avaliações e pesquisas de clima. Outro diferencial é a participação de lucros – que está totalmente atrelada aos OKR´s (Objective Key Results). Desta forma, todos os funcionários da empresa têm responsabilidades alinhadas aos objetivos da empresa e, como recompensa, coparticipação nos resultados. Tudo isso fez com que a marca recebesse em 2020 o Prêmio Lugares Incríveis para Trabalhar, uma iniciativa do UOL e da Fundação Instituto de Administração (FIA).

Ainda em 2020, a marca criou um grupo de inovação formado por pessoas de todos os níveis e cargos da empresa. Um ano depois, o grupo já propôs mais de dez projetos que geraram melhorias, economia e incremento de receita da empresa. E ainda existem mais de 30 projetos em andamento e um banco de ideias repleto de oportunidades a serem exploradas.

“Queremos nos aproximar ainda mais de cada colaborador e fazer com que cada um participe ativamente da gestão da empresa com olhar de pertencimento. Pretendemos implementar a comunicação aberta e que todos tenham acesso às informações, possam dar sugestões, ideias e propor melhorias dentro ou fora dos seus setores, focando cada vez mais em autonomia e liberdade na execução das tarefas”, finaliza Bathke.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui