Unimed Curitiba recebe acreditação ONA Nível I

Rached Hajar Traya, diretor-presidente, Jaime Rocha, diretor de Prevenção e Promoção à Saúde e Flavio Saavedra Tomasich, gerente da área de Serviços Próprios da Unimed Curitiba

Cooperativa é reconhecida por manter rigorosos padrões de segurança do paciente e qualidade no atendimento prestado aos clientes

Em reconhecimento aos elevados padrões de segurança do paciente e à qualidade dos serviços prestados na unidade de Atenção Primária à Saúde (APS) Iguaçu, no setor de Home Care e no ambulatório da unidade Germano Mayer (Centro de Qualidade de Vida e terapias convencionais), a Unimed Curitiba foi reconhecida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e recebeu o nível I de acreditação. Essa instituição, de renome nacional, avalia e certifica a qualidade e segurança assistencial em serviços de saúde. Sendo hoje a maior cooperativa de saúde do Paraná, tal conquista fecha com chave de ouro o ano em que a Unimed Curitiba completou 50 anos. A operadora é a terceira empresa a ser certificada em Curitiba nos serviços ambulatoriais e na APS, e o único Home Care certificado da rede privada da Região Sul. Os serviços prestados pelos setores que compõem a área de Serviços Próprios atenderam aos critérios de segurança, incluindo aspectos estruturais e de gestão.

“É um orgulho recebermos a acreditação já na primeira auditoria, pois ela reconhece os esforços, a dedicação e o cuidado de cada colaborador para termos uma operadora de plano de saúde cada vez melhor, mais robusta e sólida, reforçando nossa excelência na prestação de assistência aos clientes com a qualidade da marca Unimed. Em uma trajetória que começou em 2019, esse é o primeiro passo em um processo de melhoria contínua, por meio do desenvolvimento e implementação de ações que priorizam a segurança do paciente e que permeiam diversos setores da cooperativa. Tivemos o empenho de todos para atender às metas internacionais de segurança do paciente, criadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com foco em evitar situações de risco que possam impactar no cuidado ao paciente. E temos a certeza de que em breve evoluiremos para os próximos níveis da acreditação, garantindo um processo cada vez mais seguro”, destaca Rached Hajar Traya, diretor-presidente da Unimed Curitiba.

Foco na qualidade e segurança – A certificação reconhece que a Unimed Curitiba atende aos rigorosos padrões e exigências da ONA, reconhecidos internacionalmente, e foi obtida após uma avaliação detalhada feita pelo IQG – Health Services Accreditation, Instituição Acreditadora Credenciada, e também por uma equipe de avaliadores habilitada pela organização. O processo de acreditação é voluntário e educativo, ou seja, não configura fiscalização ou obrigação. A participação da cooperativa foi voluntária e visa o reconhecimento da qualidade do atendimento humanizado prestado e a segurança dos pacientes. “A acreditação possibilita a identificação das necessidades e desafios. Assim é possível planejar a melhoria nos processos, resultando na padronização de atendimento – a qual nos baseamos nas seis metas definidas pela OMS. É mais uma maneira de promover o nosso Jeito de Cuidar em cada ação e a adesão dos colaboradores em todo o processo permitiu manter o nosso foco na qualidade, resultando nesse reconhecimento”, afirma o diretor-presidente.

Acreditação – A acreditação é válida por dois anos e são feitas visitas periódicas dos avaliadores para acompanhar. Para a organização ser avaliada, todas as suas áreas são visitadas e mais de 1,7 mil requisitos são verificados. Após esse prazo, é feita uma reavaliação e a organização pode ser recertificada ou evoluir para os próximos níveis. Ao todo, são três níveis de acreditação: Nível 1 – Acreditado, com foco na segurança do paciente e na qualidade dos serviços prestados, Nível 2 – Pleno, gestão fluída e comunicação entre as atividades, e Nível 3 – Excelência, relacionada à cultura organizacional de melhoria contínua e a consolidação dos processos.

Entre os benefícios obtidos ao receber a certificação estão: a consolidação do processo de melhoria contínua, redução de custos, diminuição de retrabalho, integração entre os setores e processos, controle e compromisso com resultados, aumento da visibilidade no mercado, identificação de riscos, diferencial competitivo perante a concorrência, mais credibilidade entre médicos e pacientes, promoção da inovação e da criatividade, cultura da segurança, melhoria no ambiente de trabalho e dos indicadores de desempenho e mais satisfação dos clientes.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui