Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores

Protagonista na cena do dormitório, as escolhas certas do enxoval de cama corroboram para a proposta decorativa do ambiente, além de se configurarem como um belo convite para o bem-estar dos moradores;

As profissionais do escritório Corradi Mello Arquitetura relacionam sugestões de como combinar os elementos da cama com o ambiente

Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores
Neste projeto assinado pela arquiteta Camila Corradi e a designer de interiores Thatiana Mello, sócias no escritório Corradi Mello Arquitetura, a cama recebeu uma decoração mais ‘clean’ e foi pautada em tons de branco, preto e cinza. Os tons criam uma combinação harmoniosa com os quadros posicionados acima da cabeceira | Foto: Evelyn Muller

Para a maioria das pessoas, o dia só começa, realmente, depois de arrumar a cama. Há quem diga que essa ação está correlacionada com aumento da produtividade e maior sensação de bem-estar. E não é para menos: encontrar o quarto arrumado depois de um longo dia de trabalho é, de fato, uma sensação prazerosa, ainda mais quando nos deparamos com a cama posta: uma tendência que vem se tornando, cada vez mais, uma queridinha na decoração de interiores, e que tem como objetivo deixar a cama com características de hotel.

“Não é preciso muitos itens para deixar uma cama plenamente alinhada. Se optarmos, basicamente, em combinar o lençol com os travesseiros, utilizando o mesmo tecido ou paleta de cores, já conseguimos chegar em um resultado bonito”, conta a designer Thatiana Mello, sócia da arquiteta Camila Corradi no escritório Corradi Mello Arquitetura. De acordo com a profissional, investir em tons mais neutros na composição possibilita que os demais elementos, como peseiras e fronhas, ganhem cores mais fortes.

Para ajudar na hora da escolha e combinação de todos os itens, as profissionais elencaram dicas e inspirações importantes. Acompanhe!

1- Saias para cama box

Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores
Projeto Corradi Mello Arquitetura | Foto: Evelyn Muller

Nesta suíte máster, a dupla de profissionais apostou em cores mais sóbrias para a composição do décor da cama. A saia, um item indispensável para cama box, recebeu a mesma estampa dos porta-travesseiros e também da almofada rolo, posicionada atrás dos quatro travesseiros. “Para quem gosta de ter uma cama decorada, a combinação da saia com o restante dos elementos é essencial para que fique tudo em harmonia”, explica a arquiteta Camila Corradi.

2- Travesseiros e almofadas

Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores
Projeto Corradi Mello Arquitetura | Foto: Evelyn Muller

Quem aprecia o mix entre travesseiros e almofadas dispostos pela cama, é essencial se atentar ao posicionamento, deixando os itens maiores na parte de trás. No projeto desta outra suíte máster, os dois travesseiros estão encostados na cabeceira, executada em madeira laqueada, e, na frente, as almofadas menores são as responsáveis por trazer cor ao enxoval – todo pensando em tons de branco, com um toque de cinza claro. A peseira expõe uma estampa floral e um tecido mais grosso, que permite que os moradores a usem durante o dia, evitando que desarrumem a cama.

Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores
Projeto Corradi Mello | Foto: Evelyn Muller

“Neste dormitório, optamos por utilizar a mesma textura em todos os itens, seguindo também na mesma paleta de cores, que segue um cinza mais escuro. Desta forma, criamos uma decoração clean, que conversa com o restante do quarto”, discorre Thatiana.

3 – Edredons, mantas e peseiras

Cama posta: dicas de como deixá-la alinhada com o décor de interiores
Projeto Corradi Mello | Foto: Evelyn Muller

Não há uma regra para cama posta. O recomendado é que o enxoval acompanhe o perfil dos moradores e que ‘dialogue’ com o restante do décor, como já ressaltado pelas profissionais do Corradi Mello Arquitetura. Porém, no que se refere a decisão pelos edredons, mantas e peseiras, é de suma importância levar em conta o clima da região. Por exemplo, se for um lugar mais quente, peças mais pesadas podem dar lugar a um cobre-leito, conhecido por ser mais fino. É possível também considerar o emprego de mantas decorativas e peseiras durante a meia estação. “Elas são colocadas no pé da cama e, além de conferirem um up no décor, ainda protegem a colcha principal”, comenta Camila.

No projeto acima, as profissionais optaram por uma peseira com textura, na cor marrom, para compor com os demais itens da cama, composto por tons floridos.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui