Instituto Buko Kaesemodel homenageia mulheres que estão fazendo diferença na sociedade

Na próxima terça-feira, 08 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Uma data que nos remete à luta social e política, principalmente a busca de uma sociedade justa e solidária, em que as mulheres tenham seus direitos garantidos.

Além de uma data de luta, também é um dia de celebrar todas as vitórias conquistadas, e homenagear às mulheres que estão, cada qual em sua área de atuação, fazendo a diferença na sociedade. Nesse mês da mulher, durante todas as semanas, o Instituto Buko Kaesemodel, homenageará algumas mulheres que atuam incansavelmente, promovendo o bem, levando saúde, educação e cultura.

“Serão doze mulheres homenageadas, representando as mulheres de todo o Brasil. Cada uma foi escolhida por nos inspirar nos campos de trabalho que realizam, e por estarem firmes nos propósitos do Instituto Buko Kaesemodel, de promover a saúde, bem-estar, assistência social e educação”, salienta Rafaela Kaesemodel, vice-presidente do Instituto Buko Kaesemodel.

Para representar as mulheres, serão homenageadas Bettina Hauer Demeterco, que trabalha com ações sociais voluntárias em Curitiba e Região; Zilda Fraletti sempre inovadora em suas atitudes e ações; Ety Forte Carneiro pelo exemplo de vida, amor e dedicação ao Hospital Pequeno Príncipe;  Marcia Cecília Huçulak, pela defesa integral à ciência e a pesquisa e pelo trabalho que vem desenvolvendo a frente da SMS de Curitiba; Luciana Saito Massa, pelo trabalho voluntário prestando assistência e atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade; Carina Leprevost, por incentivar a sociedade para ações positivas; a médica Ludhmila Hajjar, representando as médicas que atuam incansavelmente pela saúde e vida de seus pacientes; Dra Lucia Pfiffer, que a frente do Programa Dedica, mantido pela Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas, presta assistência a crianças e adolescentes vítimas de violência grave ou gravíssima; Maria Fernanda Calderari que recebe a homenagem em nome de todas as professoras que tem o dom, de não apenas ensinar, mas escutar e acolher seus alunos; Ana Carolina Ferraz de Campos por desenvolver projetos sociais em comunidades carentes com ênfase em educação, saúde e profissionalização; Dra Meca Andrade, pelo atendimento às crianças e jovens especiais, atuando não apenas com o paciente mas com toda a família e a Dra Mara Lucia Santos, pediatra, que atua incansavelmente na pesquisa e atendimento aos pacientes com Doenças Raras.

As homenagens acontecerão de forma virtual, durante todo o Mês de Março, nas redes sociais do Programa Eu Digo X – @programaeudigox.

 

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui