Inverno é a época ideal para realizar cirurgias plásticas

Especialista discorre sobre cinco benefícios do pós-operatório nos dias mais frios

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o período do inverno aponta um aumento de 50% na busca por cirurgias plásticas. A tendência se justifica pelos diversos benefícios que as baixas temperaturas oferecem no pós-operatório.

De acordo com o médico especialista em cirurgia plástica, Bruno Legnani, a maioria dos pacientes esperam o inverno para realizar os procedimentos mais invasivos e que precisam de um tempo maior de recuperação. “O frio proporciona algumas vantagens significativas, pois o corpo tem a tendência a desinchar mais rápido nessa época do ano, uma vez que a circulação fica mais funcional, oferecendo menos retenção de líquidos. Outro ponto é a possibilidade de mais conforto em casa, já que a agitação é menor”.

Os procedimentos mais procurados nessa época do ano são a lipoaspiração, a abdominoplastia e a colocação de prótese de silicone, pois são os processos que exigem cuidados maiores na recuperação. “Nesses casos o uso das cintas modeladoras pós-cirúrgicas é fundamental e, com as temperatura mais baixas, o uso delas se torna mais confortável, pois causa menos incômodo na pele e na estética, uma vez que as roupas podem ser colocadas por cima sem gerar muito calor ou suor”, afirma o especialista.

Outro ponto importante para o pós-operatório nessa época do ano é a possibilidade de cumprir os seis meses sem tomar sol com maior facilidade e menos sacrifício. “O período de recuperação e os cuidados são os mesmos em qualquer época do ano, a diferença é que no inverno ficar em casa é mais tranquilo, o que possibilita um pós-operatório mais eficiente”, finaliza.

Sobre o pós-operatório e as vantagens dele ser realizado durante o inverno, Legnani lista cinco benefícios:

Recuperação mais rápida: nessa época do ano o corpo retém menos líquido, proporcionando menos edemas e sensação de inchaço.

Menos exposição ao sol: para proteger a pele e a cicatriz, a exposição ao sol deve ser muito controlada, o que no inverno é mais fácil de acontecer. Com isso a cicatrização é mais rápida também.

Tranquilidade: é uma época de maior recolhimento e menos correria, sendo portanto mais fácil ficar em casa cumprindo todas as determinações do seu médico e repousando.

Menos calor e incômodo com a cinta: usar a cinta modeladora pode ser um desafio em dias mais quentes, porém durante o inverno a sensação de calor é reduzida, evitando também que haja muito suor.

Tempo de recuperação até o verão: como a média de recuperação é de seis meses, ao realizar a cirurgia durante o inverno o corpo tem tempo de se recuperar dos inchaços, edemas e cicatrizes, ficando prontinho para colocar uma sunga ou um biquíni nos dias mais quentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui