Pedro Fonte Explora a Complexidade da Noite em Seu Novo Álbum “Luz na Madrugada / Late Night Light”

Pedro Fonte

Nas altas horas da noite, os contrastes se tornam mais perceptíveis e o tempo passa em um ritmo abstrato. É nesse momento em que Pedro Fonte mergulha nas mais íntimas emoções humanas que inspiraram seu segundo álbum solo, “Luz na Madrugada / Late Night Light”. Entre 10 faixas e mesclando influências brasileiras, do soul e do rock britânico, o músico, cantor e compositor chega a uma coleção de canções que expõem nossas maiores vulnerabilidades – mesmo que à meia luz.

Ouça “Luz na Madrugada / Late Night Light”: https://lnk.fuga.com/pedrofonte_luznamadrugadalatenightlight 

O cantor e compositor Pedro Fonte, conhecido por sua trajetória como baterista em bandas cariocas e colaborações com diversos artistas, lança seu segundo álbum solo, “Luz na Madrugada / Late Night Light”. Este novo trabalho representa uma exploração profunda das emoções humanas em meio à noite, com influências que abrangem desde o soul norte-americano até a rica tradição da música brasileira.

O álbum, composto por 10 faixas, é uma jornada musical que se move entre o português e o inglês, com algumas canções apresentando uma combinação dos dois idiomas. Pedro Fonte busca transmitir uma sensação de vulnerabilidade e introspecção, explorando temas relacionados ao amor e às complexidades das relações humanas.

Em termos de produção, Pedro Fonte se inspirou em artistas como Beck, Cody Chestnut e Jorge Drexler, que são conhecidos por sua capacidade de explorar uma variedade de estilos musicais em seus álbuns. “Luz na Madrugada / Late Night Light” mantém uma coerência sonora, mas cada faixa oferece paisagens sonoras únicas, conectando diferentes influências de forma criativa.

O destaque do álbum não está apenas na música, mas também nas colaborações especiais. Ana Frango Elétrico, mãeana, Raquel Dimantas e Dadá Joãozinho, nomes de destaque da cena musical carioca, fazem participações marcantes ao longo das faixas. Além disso, o álbum conta com a contribuição de talentosos instrumentistas da cena carioca, enriquecendo ainda mais a experiência auditiva.

Pedro Fonte, que construiu sua reputação como baterista e percussionista ao longo da última década, revela uma nova faceta de seu talento artístico com “Luz na Madrugada / Late Night Light”. Este álbum marca uma evolução em sua carreira solo após o lançamento de seu álbum de estreia, “Filme do Tempo”, em 2020.

Em “Luz na Madrugada / Late Night Light”, Pedro Fonte transcende fronteiras estilísticas e linguísticas, criando um trabalho autêntico e multifacetado. Este álbum é uma exploração das emoções humanas na escuridão da noite, revelando a beleza, exuberância e complexidade que podem ser encontradas mesmo nas sombras. É na luz da madrugada que as nuances da vida ganham destaque.

Este projeto musical está disponível nas principais plataformas de streaming, permitindo que os ouvintes mergulhem nas profundezas das emoções noturnas através da música de Pedro Fonte.

Para ouvir “Luz na Madrugada / Late Night Light”, clique aqui.

Para mais informações sobre Pedro Fonte e sua carreira musical diversificada, acesse suas redes sociais e plataformas de música.

Sobre Pedro Fonte: Pedro Fonte é um baterista, percussionista, compositor e produtor atuante no Rio de Janeiro, com experiências que ultrapassam fronteiras no Brasil e no mundo. Ele fez parte das bandas cariocas Novocaines, Exército de Bebês e Os Dentes, e nos últimos anos desenvolveu vários projetos com artistas tanto nos palcos quanto em estúdio.

Em 2020, Pedro Fonte assinou as composições e a produção musical de seu primeiro álbum. A faixa de abertura, “Clichê”, foi incluída na coletânea “Hidden Waters: Strange and Sublime Sounds from Rio de Janeiro”, lançada pelos selos britânicos Sounds and Colours e Mr. Bongo, e o álbum também foi distribuído no Japão pela Disk Union.

Além de seu trabalho em estúdios e palcos, Pedro também é professor e realizou uma pesquisa sobre a influência das claves e dos toques afro-brasileiros do candomblé na música popular brasileira. Essa pesquisa rendeu-lhe o título de mestre em Música pela UNIRIO, e ele já recebeu prêmios em diferentes editais de instituições brasileiras, como FUNARTE e SECEC-RJ 2020.

Com uma carreira diversa e vibrante, Pedro Fonte se tornou uma referência como baterista ao colaborar com nomes como Illy, Abayomy Afrobeat Orquestra, Jorge Mautner, Domenico Lancelotti, Baco Exu do Blues, Emicida, Luedji Luna, Liniker, Nina Becker, Ana Frango Elétrico, Kassin, Clarice Falcão, AnaVitória, Erasmo Carlos, Vanessa da Mata, Cátia de França, Orlando Julius (Nigéria), Stéphane San Juan, Alberto Continentino, Gabriel Gezsti, Fattu Djakité (Cabo Verde), Eric Duncan (EUA) e Beatriz Pessoa (Portugal).

Agora, sua trajetória multifacetada se reflete nas sonoridades de “Luz na Madrugada / Late Night Light”, já disponível nas principais plataformas de música.