Cultura organizacional: como transmitir os valores e a visão da empresa aos colaboradores

Usar a comunicação positiva e investir na identidade da organização cria ambientes com pessoas conectadas e motivadas

A cultura organizacional é o tecido que une uma empresa, influenciando desde a forma como os colaboradores interagem até as decisões mais estratégicas. Transmitir essa cultura, de maneira positiva e constante, é mais do que uma escolha estética, é uma necessidade para construir equipes alinhadas e engajadas, uma vez que somente por meio dela é que os valores e a visão da empresa poderão ser adotados e defendidos, algo que desempenha um papel fundamental em várias fases e esferas das corporações.

Segundo a coach, palestrante e diretora da Febracis Paraná, Daniella Kirsten, a cultura organizacional é a personalidade da empresa, algo que molda o seu ambiente de trabalho e impacta diretamente na experiência dos colaboradores. “Conceber, disseminar e manter uma cultura organizacional forte é uma missão que requer responsabilidade, assegurando que as boas práticas culturais inspirem os funcionários e, acima de tudo, sejam genuínas em sua essência. Transmitir essa cultura de maneira consistente e positiva é fundamental para garantir que todos os membros das equipes compreendam e internalizem os valores que definem a organização. Uma cultura organizacional robusta contribui para a coesão da equipe, para a retenção de talentos e para o atingimento dos objetivos estratégicos da empresa”, explica.

O que é cultura organizacional e por que investir nela

A cultura organizacional refere-se aos valores, crenças, normas e práticas compartilhadas por uma empresa e investir nela é investir na identidade da organização, criando um ambiente onde os colaboradores se sintam conectados e motivados. “Uma cultura sólida melhora a comunicação, promove a inovação e ajuda a atrair talentos que compartilham dos mesmos princípios, fortalecendo a resiliência da empresa em face de desafios. Além disso, é por meio da cultura organizacional que os valores e visão da empresa serão criados e por fim, disseminados”, conta Daniella.

Kirsten explica que os valores e visão são os pilares que sustentam a cultura organizacional, sendo portanto fundamental que eles sejam claros e que representem os princípios éticos e morais da empresa, proporcionando um guia para as decisões diárias dos colaboradores. “Os valores são as diretrizes éticas e morais que uma empresa possui. Já a visão é aquilo que orienta para o futuro, indicando onde a empresa quer chegar. O completo entendimento dessas diretrizes têm o potencial de conduzir as equipes em prol de um mesmo objetivo, uma vez que a transmissão desses elementos aos colaboradores não apenas os informa, mas os envolve emocionalmente na jornada da empresa”, afirma a coach

Como transmitir a cultura, a visão e os valores aos colaboradores

1- Comunicação clara e consistente

Uma comunicação transparente é a espinha dorsal da transmissão de valores e cultura de uma empresa, portanto ela deve ser clara, constante e objetiva. “Certifique-se de que a visão e os valores da empresa sejam claramente articulados em todos os canais de comunicação interna, isso inclui e-mails, reuniões, materiais de treinamento e até mesmo murais físicos nas instalações da empresa. A consistência é chave, uma vez que mensagens conflitantes podem gerar confusão e minar a credibilidade da liderança”, explica Daniella.

2 – Integração inteligente

Ao receber novos membros na equipe, a integração é o momento ideal para introduzir a cultura empresarial. “Desenvolva programas de integração abrangentes que não apenas apresentem os aspectos operacionais, mas também destaquem os valores e a visão da empresa. Dessa forma, já se cria uma base sólida para a compreensão e aceitação da cultura desde o início da contratação”, afirma a coach.

3 – A liderança como exemplo

Líderes desempenham um papel fundamental na formação da cultura empresarial, sendo assim, eles não apenas precisam entender e abraçar os valores da empresa, mas também devem exemplificá-los em suas ações diárias. “Colaboradores olham para a liderança como um guia, e quando veem os líderes praticando o que pregam, a cultura é internalizada de forma mais natural. Também é importante que a liderança esteja fortemente engajada com a visão e os valores da empresa, para que possam transmiti-los em suas rotinas”, explica Daniella.

4 – Criação de rituais e tradições corporativas

Rituais e tradições são poderosas ferramentas para fortalecer a coesão cultural da corporação. Isso pode incluir eventos regulares, reconhecimento de conquistas, celebração de marcos e outros rituais que destacam os valores fundamentais da empresa. “É fundamental que os colaboradores se sintam parte da empresa e a prática de rituais e tradições cria uma sensação de pertencimento e identidade compartilhada entre todos”, afirma a coach.

5 – Treinamento contínuo

O aprendizado contínuo sobre a cultura da empresa é ponto fundamental e deve fazer parte dos esforços e do planejamento da empresa. “Implemente programas de treinamento regulares que ajudem os colaboradores a entenderem como os valores da empresa se traduzem em seu trabalho diário. Isso pode envolver workshops, seminários e recursos online que proporcionem uma compreensão prática da cultura empresarial”, explica Daniella.

6 – Feedback e avaliação

A comunicação de duas vias é fundamental para que os colaboradores possam expressar como percebem a cultura da empresa, darem feedback e opiniões. “ O feedback é uma das questões mais importantes para empresas que queiram construir uma cultura sólida e abrangente. Nesse ponto é fundamental ter canais abertos que permitam a livre expressão. Além disso, a avaliação contínua permite ajustes quando necessário e demonstra um compromisso genuíno da empresa com o aprimoramento constante”, afirma a coach.

Daniella Kirsten é diretora e sócia franqueada das unidades da Febracis Paraná, sediadas em Curitiba, além de Mentora, Coach e Palestrante. Sua atuação no estado já impactou mais de 15 mil pessoas por meio do Coaching Integral Sistêmico. A Febracis está presente em 42 franquias espalhadas pelo Brasil e quatro unidades internacionais. Para ter acesso aos cursos e entender mais sobre a metodologia CIS, acesse o Instagram: @febraciscuritiba.