Magic Surf inaugura nova fábrica com capacidade para aumentar em 270% a produção de pranchas de surf

Além da marca própria, a empresa é responsável pela produção de mais de dez marcas de pranchas nacionais, entre elas a Medina Softboards

A produção de pranchas de surf da Magic Surf não para de crescer: para atender a grande demanda, especialmente com a chegada do verão, a fábrica de Florianópolis inaugura uma nova sede, localizada no Rio Tavares. Com 1.200 metros quadrados e investimento de mais de R$ 500.000,00, o novo espaço é 120% maior do que a sede original da empresa, lançada em 2013, e tem capacidade de aumentar a produção em 270%.

A empresa nasceu do sonho de infância do empresário Fábio Duarte de criar uma fábrica que produzisse pranchas para todos os interesses, níveis de surf, condições financeiras e promovendo uma experiência profissional para quem deseja surfar. “Por isso o nome Magic Surf, uma prancha mágica que ofereça o prazer de surfar para todos os amantes do esporte, independentemente da idade ou nível de surf”, afirma o CEO da empresa.

Em novembro, a Magic Surf incorporou uma nova marca de pranchas em suas produções, a CROA, de um dos maiores shapers do sul do Brasil, Marcello Fernandes, e também lançou a parceria nas pranchas de carbono com o renomado shaper de São Paulo, Alexandre Flora “Akiwas”. Outros shapers têm suas pranchas fabricadas pela empresa, como o técnico da seleção brasileira e head judge da Confederação Brasileira de Surf, Guga Arruda, o tricampeão mundial de longboard, Phil Rajzman, Fábio Gouveia “Fia” e Wagner Pupo (pai dos atletas do WCT Samuel e Miguel Pupo). Além deles, a fábrica é responsável pela produção das marcas como a Medina Softboards, Croa softboards, John Carper, Jorge Pacceli, Arenque, DG Surfboards, Chemistry,  Neu, Zabo, a prancha do youtuber Natan Por Aí, entre outros.

Aliando qualidade e tecnologia, as pranchas da Magic Surf contam com tecnologia própria, pioneira no Brasil, com um software de fluido dinâmico para implementar gêmeos digitais em sua produção, desenvolvido pela Siemens. A tecnologia de gêmeos digitais é a responsável por reproduzir fielmente o protótipo da prancha digitalmente, garantindo que ela fique exatamente como projetada no computador e possibilitando os testes de performance com precisão máxima. “As pranchas produzidas pela fábrica são focadas em alta performance, com durabilidade 100% maior, flutuação maior e mais leves que os concorrentes”, afirma Fábio.

Na busca por democratizar o esporte, a Magic Surf desenvolveu com exclusividade uma fórmula para ajudar na escolha da prancha ideal: com uma análise completa do biotipo, nível de desenvolvimento no esporte e do perfil do surfista, a empresa consegue indicar o melhor equipamento para a prática e evolução no esporte. A consultoria especializada é gratuita, e começa com a coleta de informações, pelo link https://magic.powerlight.com.br/t-prancha-ideal-lp.

A Magic Surf comercializa também skates simuladores de surf e todos os acessórios de surf, como roupas de borracha, leashs, quilhas, parafinas, entre outros. Mais de 23 milhões de pessoas praticam surfe no mundo, dos quais cerca de 3,7 milhões são brasileiros, segundo levantamento da International Surfing Association (ISA). No país, o esporte movimenta R$7 bilhões ao ano em roupas, pranchas e acessórios, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Surf (Ibrasurfe).