― Advertisement ―

spot_img
HomeGeralEducaçãoBrasil desponta como o país mais qualificado da América Latina e do...

Brasil desponta como o país mais qualificado da América Latina e do Caribe

Educação e desenvolvimento são a chave para o sucesso dos profissionais brasileiros no mercado global

Enquanto o mercado de trabalho lida com uma rápida evolução da tecnologia, os profissionais correm contra o tempo para acompanhar as novas competências do meio corporativo. Os brasileiros, porém, já entraram no ritmo das mudanças. De acordo com relatório divulgado em junho de 2024, pela plataforma de aprendizagem online Coursera, o Brasil é o país mais qualificado da América Latina e do Caribe, principalmente em habilidades digitais, e ocupa o 19º lugar em termos de proficiência mundial em competências. Além disso, na competência de Ciência de Dados, o Brasil alcançou a pontuação mais alta na América Latina e no Caribe e a 17ª no mundo, mostrando que os brasileiros estão cada vez mais preocupados em se desenvolver e se especializar.

Segundo o consultor de carreira e negócios da ESIC, Alexandre Weiler, os dados do relatório da Coursera são um testemunho da dedicação e do empenho dos profissionais brasileiros em se manterem atualizados com as mais recentes tecnologias e tendências do mercado. “Ser o país mais qualificado da América Latina e do Caribe, especialmente em habilidades digitais, mostra que nossos profissionais estão prontos para enfrentar os desafios de um mercado de trabalho cada vez mais digitalizado e globalizado”, afirma.

Apesar do olhar voltado para o digital, a pesquisa indica que os brasileiros também procuram uma combinação de competências humanas, como colaboração, adaptabilidade, negociação e análise de pessoas. “A combinação de competências é essencial, pois as habilidades humanas complementam as digitais, criando profissionais mais completos e preparados para enfrentar diversas situações no ambiente de trabalho. O cenário atual mostra que estamos no caminho certo, mas é importante continuar incentivando a busca por novas competências e tecnologias, preparando nossa força de trabalho para os desafios e oportunidades do futuro”, explica o consultor.

Mercado externo e interno

A capacitação se mostra importante em um cenário profissional que exige novas habilidades, é o que aponta uma pesquisa do ManpowerGroup, realizada em 2023, sobre a escassez de talentos, que descobriu que 80% dos empregadores do Brasil encontram dificuldades para recrutar os funcionários que precisam. Enquanto isso, outra pesquisa realizada no mesmo ano pelo LinkedIn mostrou que 85% dos profissionais brasileiros estão confiantes para inserir a IA em seus fluxos de trabalho. “Essas pesquisas mostram que os empregadores no Brasil têm dificuldades para encontrar talentos qualificados, destacando a importância de investimentos contínuos em educação e desenvolvimento. Por outro lado, a confiança dos profissionais brasileiros em incorporar IA em seus fluxos de trabalho é um indicativo positivo de que estamos no caminho certo para enfrentar essas lacunas de competências”, afirma Weiler.

Nesse panorama, Weiler reforça sobre a importância da educação e do desenvolvimento contínuo para os profissionais brasileiros, que não só se destacam no mercado interno, mas também são valorizados no exterior. “Profissionais qualificados em habilidades digitais encontram oportunidades em empresas globais, contribuindo para a inovação e crescimento dessas organizações. A busca constante por aperfeiçoamento e novas competências coloca os brasileiros em posição de destaque, prontos para enfrentar os desafios do mercado de trabalho do futuro”, explica.

A qualificação dos profissionais brasileiros em habilidades digitais não é apenas uma vantagem competitiva no cenário internacional, mas também um fator importante para o desenvolvimento e crescimento do mercado interno. “Empresas brasileiras que adotam tecnologias avançadas e contam com profissionais qualificados, conseguem inovar mais rapidamente, aumentar sua eficiência operacional e oferecer produtos e serviços de maior qualidade. Nesse contexto, a educação e o desenvolvimento contínuo dos profissionais brasileiros são essenciais não apenas para o sucesso no mercado global, mas também para o fortalecimento do mercado interno. Ao investir em qualificação, estamos construindo uma base sólida para um futuro próspero e sustentável, onde a inovação e a competitividade impulsionam o crescimento econômico e melhoram a qualidade de vida de toda a sociedade”, finaliza Weiler.