Bobó de Pinhão é a aposta do Veg e Lev para o Gastronomix

A versão vegana é uma releitura do tradicional prato nordestino, criação do chef Douglas Beckert para o evento

 

1o de abril foi liberada a colheita e venda do Pinhão, típico fruto do Paraná que já virou paixão nacional. Para explorar o insumo, o chef Douglas Beckert, do restaurante Veg e Lev, criou um Bobó de Pinhão – uma releitura do prato tipicamente brasileiro, em versão vegana.

Em primeira mão para o Gastronomix, evento gastronômico que encerra o Festival de Teatro de Curitiba, e acontece dias 7 e 8 de abril, das 11h às 18h no Museu Oscar Niemeyer (MON), a receita será vendida por R$15 e acompanha arroz cateto com vermelho, além de uma farofa crocante de alho poró.

Aprenda a fazer a receita, que está de dar água na boca.

 

BOBÓ DE PINHÃO

Rendimento: seis porções.

1,5 kg de abóbora moranga

1 cebola branca média, cortada em cubos

300g de cenoura, cortada em cubos

1 dente de alho pequeno, picadinho

500g de mandioca descascada

300g de tomate

50g de alho poró, picadinho

1kg de pinhão

100ml de leite de coco

1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem

1 pimenta dedo de moça pequena

coentro fresco a gosto

1 colher de sopa rasa de sal

400ml de molho de tomate

1 colher de café de azeite de dendê

 

 

Modo de preparo

Cozinhe a mandioca até ficar bem macia. Depois que estiver cozida, retire da panela e deixe esfriar um pouco até que consiga retirar o fio da mandioca. Coloque o pinhão para cozinhar até ficar al dente.

Aqueça uma panela média e com fundo grosso e adicione o azeite de oliva e, em seguida, acrescente a cebola e deixe murchar, depois acrescente o alho, alho poró e a abobora e deixe refogar até que a abobora começar a amolecer. Acrescente a pimenta dedo de moça, o tomate e o azeite de dendê, deixe refogar por mais uns dois minutos, tampe a panela e desligue.

Feito isso, acrescente a mandioca, o leite de coco, molho de tomate e o sal, misture bem e, com o auxílio de um mixer, processe tudo até formar um creme. Por fim, adicione o pinhão cortado ao meio no sentido do comprimento ou da forma que achar melhor. Finalize com coentro picado.

 

Sobre o Veg e Lev – Três sócios e um sonho: ter um restaurante de comida saudável, no qual adeptos de todas as filosofias e estilos alimentares fossem bem-vindos. Nasceu em 2015 o Veg e Lev, localizado em uma charmosa casa na Prudente de Moraes. O cardápio do restaurante é dividido da seguinte forma: pratos VEG (veganos) e pratos LEV (com baixa caloria, porém, com proteína animal). Nos destaques: moqueca de pupunha, nhoque de banana-da-terra, Veg Brasil (um prato tipicamente brasileiro com arroz, feijão, couve, farofa e um bife de grãos, que pode ser substituído por um grelhado), além das sobremesas bolo vegano trufado, banoffee vegana sem açúcar e cheesecake. No final de 2017, o restaurante ganhou uma nova unidade no Pátio Batel, voltada para as cumbucas saudáveis e pratos mais rápidos – sem perder a essência do local. Em 2018, completando três anos, será inaugurada mais uma casa no Shopping Curitiba, que faz parte do plano de expansão da marca de abrir 16 Veg e Lev nos próximos três anos nas principais capitais do país.

 

Serviço

Veg e Lev

Prudente de Moraes

Funcionamento: segunda a sexta, das 11h30 às 14h30 / sábado, 12h às 15h;

Endereço: Rua Prudente de Moraes, 1228 – Centro.

Pátio Batel

Funcionamento: segunda a sábado, das 10h às 22h / domingo, das 11h às 22h;

Endereço: Av. Do Batel, 1868 (Praça de Alimentação) – Batel

Instagram: @vegelev

Facebook.com/vegelev

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER


spot_img