Itaipu assina convênios da ordem de R$ 130 milhões com prefeituras do Oeste do Paraná

A Itaipu Binacional vai assinar, nesta segunda-feira (2), 55 convênios e planos de trabalho com governos municipais, além de entidades como Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), Cindersop (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico, Social, Educacional e Cultural Sustentável da Região Oeste do Paraná), Cipiquiri (Consórcio Intermunicipal do Piquiri) e Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.

No total, os convênios representam investimentos de aproximadamente R$ 130 milhões, a serem aplicados entre 2018 e 2021.

Os convênios são para o desenvolvimento de atividades coletivas e específicas a cada município, construção de moradias populares, iluminação de campos de futebol, práticas conservacionistas (recuperação de microbacias hidrográficas, como recuperação de nascentes, readequação de estradas rurais etc.), revitalização de áreas públicas de lazer, revitalização de bosque e implantação de parque ecológico, revitalização de centro náutico, pavimentação asfáltica, conservação de solos, educação ambiental e ações junto a comunidades indígenas.

São esperadas as presenças da governadora Cida Borghetti; dos deputados federais Sérgio de Souza, Giácobo e Evandro Roman; do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; do chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico; dos diretores da Itaipu, Marcos Stamm, Newton Kaminski, Mauro Corbellini, Mario Cecato, Cézar Ziliotto e João Pereira; da presidente do Conselho dos Lindeiros e prefeita de Mercedes, Cleci Loffi; do presidente da Associação de Municípios do Oeste do Paraná e prefeito de Maripá, Anderson Bento Maria; do presidente do Cindersop e prefeito de Vera Cruz do Oeste, Edinei Sgob; entre outros prefeitos e autoridades.

Ampliação

A realização de convênios com as prefeituras é um dos principais instrumentos de atuação da Itaipu em sua área de influência, composta por 54 municípios (52 deles no Oeste do Paraná e mais Altônia, no Noroeste, e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul). A ampliação da área de influência se deu em dezembro de 2017.

Até então, a Itaipu vinha atuando em 29 municípios da Bacia Hidrográfica do Paraná 3. Nessa região, entre 2003 e 2017, e em parceria com as prefeituras, a Itaipu recuperou de mais de 200 microbacias hidrográficas, com 2.500 km de estradas rurais readequadas, quase 30 mil hectares com ações de conservação de solos, 175 abastecedores comunitários instalados e 1.300 km lineares de matas ciliares restauradas e protegidas por cercas, entre outras ações.

Em dezembro de 2017, com a ampliação da área de abrangência para 54 municípios, a Itaipu já havia firmado convênios para investimentos de 250 milhões de reais no triênio 2018 a 2020, em uma solenidade semelhante, também realizada no Hotel Bourbon, em Curitiba. Com esses novos convênios, a binacional reforça sua atuação e seu compromisso com a sustentabilidade no território de influência da usina.

newsdeprima@gmail.com

Comments are closed.