Rede de supermercados do Paraná aposta em energia solar fotovoltaica

foto: Platão Energia.

O Paraná é um dos estados que tem mais se destacado na economia industrial. O valor de seu PIB ultrapassou R$ 438 bilhões em 2018, equivalente a 6,41% do PIB nacional, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Se os ânimos continuarem otimistas, de acordo com a Fiep – Federação das Indústrias do Estado do Paraná – a expansão industrial deve crescer em torno de 2,5% este ano.

Mas para que este crescimento econômico seja sustentável, é preciso investir também na preservação do ambiente. Sem recursos naturais, toda cadeia produtiva para. Lembra dos famosos apagões que a população brasileira sofreu? De acordo com especialistas na área, os futuros blecautes estão tão próximos de acontecer que o desespero será igual ou pior. Basta a economia voltar a crescer num ritmo um pouco mais acelerado que o Brasil enfrentará uma das maiores crises energéticas já vividas.

Muitas empresas, diante deste cenário, estão se movimentando e investindo em alternativas que possam auxiliá-los na falta de energia elétrica. Uma das opções que tem ganho grandes proporções é a solar. A rede de supermercado Super Golff acaba de instalar 800 painéis fotovoltaicos (com capacidade de gerar 398.400 kWp de energia por ano), em sua filial de Cambé (PR) – município da região metropolitana de Londrina (PR) e mais 10 inversores Fronius Eco 25. “Com essas instalações, a rede deixa de emitir mais de 700 kg de CO2. Estamos muito orgulhosos em fazer parte desses projetos, por meio da instalação de inversores Fronius”, explica Alexandre Borin, gerente da Unidade de Negócios de Energia Fotovoltaica da Fronius.

Atualmente, o Paraná ocupa a quinta posição no ranking estadual, com 44,8 MWp de potência instalada, correspondente a 6,1% do total da capacidade instalada no Brasil, 2,4 GWp. Só a Super Golff tem 769 MWp em suas 11 unidades.

Sobre a rede Super Golff: Composta por 14 lojas, além de um centro de distribuição e o escritório administrativo. Sua história é um tanto peculiar. Seu fundador, Manoel Arilton Salles, deixou sua carreira de caminhoneiro para investir em mercado. Sua primeira loja foi fundada com o nome de Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Cambé – PR. São mais de mil colaboradores alocados em nove unidades em Londrina e cinco em Cambé. Das 14 lojas, 11 têm o sistema de energia fotovoltaico instalado.

De acordo com Salles, investir em energia fotovoltaica é trazer economias financeiras aos seus empreendimentos e benefícios para o meio ambiente, através da geração limpa. Conforme os cálculos do empresário, cada instalação tem sua particularidade. Mas, garante que as reduções de custos com energia são muito expressivas. Há lojas que economizam 27 mil por ano e outras chegam a R$ 190 mil/ano.

Sobre a Fronius

A Fronius está localizada em São Bernardo do Campo (SP).  Com mais de 20 anos no Brasil, a Fronius é composta de três unidades de negócios: Energia Solar; Tecnologia de Soldagem e Carregadores de Baterias para todos os tipos de veículos e para centros de distribuição e por uma equipe de mais de 80 profissionais extremamente competentes para atender em todo o país, através de mais de 30 representantes e filiais em todo território nacional.
 <[email protected]>

Comments are closed.