Ouro Verde conquista certificação internacional por compromisso com o meio ambiente

A Ouro Verde, especialista em gestão e terceirização de frotas, informa que conquistou a certificação internacional que atesta seu compromisso com o desenvolvimento sustentável, a partir do aprimoramento do seu sistema de gestão ambiental: a ABNT NBR ISO 14001:2015. O reconhecimento é resultado do cumprimento de uma série de requisitos para a elaboração de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), que demonstra a conformidade da empresa com os mais altos padrões de responsabilidade ambiental, se consideradas todas as questões relativas às suas atividades e serviços.

“A ISO 14001 é uma forma da organização mostrar, por meio de suas ações atuais, que está preocupada com o que vai deixar para o planeta e para as próximas gerações”, observa o diretor-presidente da Ouro Verde, Cláudio Zattar. A conquista da ISO 14001 também é importante para fortalecer o relacionamento da companhia com seus stakeholders, como bancos, investidores, colaboradores, fornecedores, comunidade, clientes e com todos aqueles que de alguma forma estão ligados à empresa.

O processo de regulamentação

Entre as principais mudanças realizadas pela companhia ao longo do processo de adequação estão o desenvolvimento de uma política ambiental, a identificação dos impactos das atividades da empresa sobre o meio ambiente; a implantação de software para o gerenciamento e constante avaliação e monitoramento dos requisitos legais estabelecidos pelas diretrizes da certificação. Para a obtenção do certificado ABNT ISO 14001 , é necessário o atendimento de centenas de itens, que envolvem requisitos legais aplicáveis, destinação de resíduos, plano de atendimento a emergências, o controle e monitoramento na utilização de papel, água, luz, entre outros itens.

Para o principal responsável pelas adequações, a atitude e o apoio da diretoria e dos colaboradores foi muito significativo para o sucesso do trabalho realizado. “Desde o começo pude contar com a ajuda de todos, eles sempre estiveram muito preocupados e envolvidos com esse desafio que foi proposto”, afirma Abílio Sarquis, que atua na área de segurança, saúde, meio ambiente e qualidade da Ouro Verde.

Sobre a Ouro Verde

Há mais de 45 anos no mercado, a Ouro Verde é especialista em gestão e locação de frotas de veículos, máquinas e equipamentos pesados para clientes corporativos. A companhia, recentemente adquirida pela canadense Brookfield, oferece o serviço de gestão de frota de forma integrada, contando com uma plataforma completa de serviços agregados que incluem soluções tecnológicas, manutenção e operações de ativos. A empresa está entre as líderes do segmento em todas as suas linhas de negócio. Atendendo centenas de clientes corporativos, a Ouro Verde foca em relacionamentos comerciais de médio e longo prazo e conta com uma frota de aproximadamente 25.000 veículos distribuídos em todas as regiões do Brasil. Com filiais estrategicamente posicionadas para apoiar os clientes, a empresa emprega mais de 1.500 colaboradores. A companhia possui, também, parcerias estratégicas com os maiores fabricantes de veículos, máquinas e equipamentos e uma rede credenciada nacional de prestadores de serviços que possibilitam oferecer uma proposta de valor atraente para seus clientes. Saiba mais: https://www.ouroverde.net.br/

Sobre a Brookfield

A Brookfield é uma líder global na gestão de ativos alternativos, com um portfólio de mais de US$ 500 bilhões em ativos em todo o mundo. A empresa está presente no Brasil desde a sua fundação, há 120 anos. Seus ativos no País somam aproximadamente R$ 100 bilhões e suas operações estão presentes em 20 estados, empregando cerca de 20.000 funcionários. Além da Ouro Verde, a Brookfield detém um portfólio diversificado compreendendo investimentos em imóveis comerciais, ativos de infraestrutura incluindo rodovias pedagiadas, portos, ferrovias, terminais intermodais, transmissão de energia elétrica, transporte de gás, datacenters e redes de fibra óptica, geração de energia renovável, incorporação imobiliária residencial e saneamento básico, além de investimentos em agropecuária e florestas. ([email protected])