Educação financeira é tema de Hackathon internacional

Competição que se assemelha a uma maratona de programação mobiliza crianças e adolescente, com idades entre sete e 14 anos, de Brasil, Portugal e Espanha.

Serão distribuídos mais de R$ 80 mil reais em prêmios, entre bolsas de estudos e equipamentos da Logitech. Não é preciso ser aluno da Happy Code para participar.

Referência global no ensino de Programação, Maker e Robótica com presença em países como Brasil, Portugal e Espanha, a Happy Code realizará o 1º Hackathon Internacional com crianças e adolescentes. O tema desse ano é a educação financeira, que apesar de ter uma importância cada vez maior não costuma fazer parte da educação tradicional. O evento é coproduzido pela Logitech e conta com patrocínio da Alto Giro, Radix e da Unicesumar.

Neste 1º Hackathon Internacional, assim como em uma maratona de programação, as crianças se reúnem para criar uma solução para o problema proposto. O processo consiste na ideação, criação de um protótipo da solução e apresentação do projeto.

No formato de evento online com etapas locais, regionais, nacionais e a final internacional, o evento será divido em duas categorias, Kids, de sete a dez anos, e Teens, de 11 a 14 anos. Com projeção de mais de três mil participantes e mais de 1000 projetos, o maior Hackaton infanto-juvenil do mundo oferecerá 50 prêmios em quatro seletivas.

As etapas de criação do projeto envolvem a descoberta, momento em que os participantes estudam sobre o tema proposto, a ideação de prototipagem, momento da concepção e criação do projeto, e o pitch, ou apresentação de no máximo dois minutos da solução para o problema proposto, que tem a finalidade de criar interesse pela solução.

Para Otoniel Reis, Diretor da Happy Code, “o 1º Hackathon Internacional da Happy Code representa o maior projeto de fomento à educação financeira do país e o maior Hackathon infanto-juvenil do mundo. Além do desenvolvimento de habilidades socioemocionais como resolução de problemas, raciocínio lógico, colaboração e criatividade, entre outras, o maior ganho é fazer os participantes pararem para pensar sobre esse tema tão importante nos dias de hoje”.

“A Logitech tem uma parceria sólida com a Happy Code e coproduzir esse Hackathon internacional é mais um passo importante disso. Para nós, será uma grande experiência auxiliar crianças e jovens do Brasil, Portugal e Espanha a desenvolverem conhecimentos tão importantes para o futuro, algo que é pouco ensinado nas instituições mais convencionais como a educação financeira”, afirma Jairo Rozenblit, presidente da Logitech Brasil, líder no mercado de periféricos e uma grande aliada na realização deste evento.

As inscrições para o evento vão do dia 07/05 ao dia 06/06. Serão distribuídos mais de R$ 80 mil reais em prêmios, entre bolsas de estudos e equipamentos da Logitech. Não é preciso ser aluno da Happy Code para participar. Qualquer pessoa entre sete e 14 anos pode se inscrever e concorrer aos prêmios.

Histórico

Oriundo do universo Hacker, o termo Hackathon é a união das palavras Hacker + Maratona, e refere-se à reunião de hackers por horas, dias ou até semanas, para explorar dados abertos, desvendar códigos e sistemas lógicos, discutir novas ideias e desenvolver projetos de software ou até mesmo novos conceitos de hardware.

O Hackathon da Happy Code é a maior competição de empreendedorismo digital infanto-juvenil do mundo. Durante a maratona, as crianças e adolescentes são estimulados a pensar em soluções criativas sobre o tema proposto. Eles contam com o apoio de instrutores que ajudam a organizar as ideias do grupo, depois apresentam os projetos para uma banca julgadora.

Na 1ª edição, em setembro de 2018, o tema foi “Saúde Bucal” e contou com a participação de mais de 700 jovens.

Já na 2ª edição, em junho de 2019, o tema foi “Segurança Digital”. A maratona contou com a participação de mais de 1.000 crianças e adolescentes.

A 3ª edição, que aconteceu entre os dias 4 e 10 de novembro de 2019 e cujo tema foi “Games na Educação”, contou com a participação de mais de 2.300 mil crianças e adolescentes – um recorde de participantes.

A 4ª edição aconteceu em 2020 e foi o primeiro Hackathon on-line da Happy Code. Com o tema COVID-19, esta edição teve mais de 1.600 crianças inscritas.

Para Giovanna Nascimento Oliveira, de 10 anos, vencedora da edição 2019, “participar do Hackathon foi uma oportunidade incrível. Eu sabia que tinha chance de vencer, mas ver o nosso trabalho premiado me encheu de orgulho. Com a vitória pude participar do technovation girls com outras meninas que pensavam como eu e mexiam com tecnologia como eu. Foi incrível”.

Giovanna, que já concluiu os cursos de Minecraft, desenvolvimento de jogos, YouTube e robótica na Happy Code, tomou gosto pela área e pensa em seguir carreira. “Eu quero ser programadora ou desenvolvedora de software, ou até mentora de Hackathon, porque eu gosto muito de tecnologia e quero trabalhar com isso no futuro”.

Já para Melissa Oliveira da Silva, também 10 anos e parceira de Giovanna na vitória do Hackathon em 2019, “o mais legal foi aprender como são feitos os jogos. Eu sempre tive essa curiosidade e agora sempre que eu vejo um jogo, tenho uma noção de como ele foi feito”.

Para fazer a inscrição ou obter mais informações sobre o 1º Hackathon Internacional da Happy Code, acesse https://cursos.happycodeschool.com/hackathon-2021.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER


spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui