Crea-PR recebe indicações para o Prêmio Melhores TCCs até dia 2 de maio

Professores dos cursos de Engenharia, Agronomia e Geociências podem indicar trabalhos de conclusão de curso que foram apresentados em 2021

tcc crea-pr
Marcio Loss (representando o deputado Luiz Fernando Guerra), o professor Ithalo Hespanhol de Souza, Ricardo Bertoncello (coordenador dos cursos de Eng. Elétrica e Eng. Civil do Unidep), Everton Luiz Morelatto, Rafael Welington Sanitá e Diogo Colella (gerente da Regional Pato Branco do Crea-PR).

Já está aberto o período para indicação de trabalhos ao Prêmio Melhores TCCs, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), que acontece anualmente com o apoio do Colégio de Instituições de Ensino (CIE), do Colégio de Entidades de Classe (CDER) e do Colégio de Inspetores. O objetivo é valorizar o conhecimento técnico e científico das áreas afetas ao Sistema Confea/Creas (Engenharia, Agronomia e Geociências) e proporcionar a difusão da produção acadêmica aos profissionais. Nesta premiação, o Crea-PR ainda conta com participação de parceiros institucionais, como a CredCrea e Mútua.

Por meio de edital para indicação, eleição e premiação dos melhores TCCs, as coordenações dos respectivos cursos têm até o dia 2 de maio para indicar os TCCs nas seguintes modalidades: Civil; Elétrica; Mecânica e Metalúrgica; Química; Geologia e Minas; Agrimensura; Agronomia; Especiais (Segurança do Trabalho). Cada modalidade poderá ter premiados do 1º ao 3º lugar.

“A indicação é realizada pelos professores – dos cursos de Engenharias, Agronomia e Geociências – dos trabalhos de conclusão de curso que foram apresentados em 2021”, explica o Gerente de Relações Institucionais do Crea-PR, Claudemir Marcos Prattes. Os coordenadores de curso das áreas afetas ao Sistema Confea/Creas podem realizar a indicação de até cinco trabalhos. Basta clicar no “Acesso Restrito das Instituições de Ensino”, no site do Crea-PR.

Após o término do período de indicação, os TCCs indicados por regional do Crea-PR passarão por avaliação e posterior eleição, levando em consideração critérios de “aplicabilidade do conhecimento técnico na prática profissional”, “grau de inovação” e “nível de abrangência do tema”. Os Colegiados Estaduais terão até 31 de julho de 2022 para eleger os melhores TCCs, sendo que o Crea-PR anunciará a classificação em seu site institucional na primeira semana de agosto.

A premiação oportuniza os autores dos três melhores TCCs de cada modalidade, a submeter a sua produção para publicação na Revista Técnico-Científica do Crea-PR, desde que respeitados os requisitos da Política Editorial. Também é realizada a entrega de certificados do “Prêmio TCC”, e possibilidade de ter os seus trabalhos expostos em forma de banner na “Mostra de TCCs”, que acontece durante o Fórum de Docentes e Discentes, Encontro Paranaense de Entidades de Classe (EPEC) e no Fórum de Inspetores do Crea-PR.  Além disso, todos os TCCs inscritos serão disponibilizados na Biblioteca Virtual do Conselho.

“A premiação é um incentivo na participação do egresso, futuro profissional do Sistema Confea/Crea, na sua contínua formação e aproximação com o Conselho, oportunizando a melhoria e estreitamento nas relações com as instituições de ensino parceiras”, pontua Claudemir. Segundo ele, nos últimos anos a quantidade de TCCs indicados aumentou consideravelmente, chegando a alcançar mais de 200 trabalhos em 2021.  A expectativa para 2022 é de superar mais de 300 trabalhos inscritos, o que torna o prêmio o maior reconhecimento da categoria em todo o país.

Sugestão de legenda para foto de Claudemir Prattes: Claudemir Prattes: “A premiação é um incentivo na participação do egresso, futuro profissional do Sistema Confea/Crea, na sua contínua formação e aproximação com Conselho”

Vencedores recebem menção honrosa

Rafael Welington Sanitá e Everton Luiz Morelatto, que conquistaram o primeiro lugar em Engenharia Elétrica no prêmio Melhores TCCs do Estado, do Crea-PR, foram homenageados pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná com menção honrosa, no dia 18 de fevereiro. A proposição foi do deputado Luiz Fernando Guerra, pelo projeto “Análise de implantação de uma usina de geração de energia elétrica através de resíduos sólidos urbanos em Pato Branco”. O projeto, que contou com a orientação do professor Ithalo Hespanhol de Souza (também homenageado com menção honrosa) foi defendido em 2019 e vencedor na modalidade Engenharia Elétrica, na edição de 2020. Por conta das restrições relacionadas à pandemia, a entrega das menções foi realizada apenas agora, durante a formatura de turmas de Engenharias Elétrica e Civil, no auditório do Unidep, em Pato Branco.

Sugestão de legenda para foto da premiação:

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui