Paranaense aprovada em aceleradora de política para mulheres

Paranaense aprovada em aceleradora de política para mulheres
Edna Faust, coordenadora do Vem Pra Rua Francisco Beltrão

No Brasil, muitas mulheres ainda têm dificuldades de ocupar cargos de poder, serem eleitas ou terem voz ativa nas tomadas de decisões políticas. Para se ter uma ideia, a Câmara dos Deputados possui apenas 15% de mulheres; e o Senado Federal, 12%. Nas eleições de 2020, 900 municípios não tiveram sequer uma vereadora eleita.

Para impulsionar a participação feminina nasceu a Conecta, uma aceleradora de mulheres na política. A iniciativa visa conectar e desenvolver o público feminino em liderança, marketing digital, política e gestão pública para se tornarem lideranças com maior chances de ocuparem posições de alto impacto na sociedade e serem parte da transformação do Brasil.

A Conecta foi criada pela empreendedora cívico-social Luana Tavares, mestre em políticas públicas pela Universidade de Oxford e por outras mulheres inquietas com a baixa representatividade feminina na política brasileira. “A intenção de ampliar a participação política das mulheres é essencial para o exercício pleno da democracia. Hoje falta espaço para a mulher assumir seu lugar na política” explica Luana.

Edna Faust, coordenadora do Vem Pra Rua Francisco Beltrão, foi uma das aprovadas e já começou as aulas. “Estou feliz por ter sido selecionada pela Conecta, isso aumenta minha possibilidade de contribuir com a política. Quero cuidar e melhorar a cidade onde moro” enfatiza Edna.

Em apenas uma semana teve 240 mulheres inscritas de 20 estados. O curso é gratuito e inclui 30 horas de aulas e atividades. As alunas são 80% de São Paulo e 20% de outros estados. As aulas acontecem aos sábados e no dia 29 de abril terá um encontro presencial em São Paulo. O apoiador master é o grupo Mulheres do Brasil que tem a empresária Maria Luiza Trajano como uma das lideranças.

Time de mentores da aceleradora 

Aula magna com Mafoane Odara – diretora de recursos humanos para a América Latina na Meta, ex gerente do Instituto Avon

Ingrid Lunardi – administradora, coordenadora de campanha e chefe de gabinete do deputado federal pelo Espírito Santo, Felipe Rigoni.

Pedro Simões – estrategista de

comunicação na Prefeitura do Rio de Janeiro, ex-diretor de comunicação da escola de política Renova BR.

Bruna Santos – diretora de inovação da Enap, mestre em administração pública na Columbia University.

Humberto Dantas – doutor em ciência política, colunista do Estadão, especialista em democracia e sistema eleitoral.

Laíz Soares – coordenadora geral da campanha da deputada federal por São Paulo, Tabata Amaral eleita com 264 mil votos em 2018.

Irina Bullara – diretora executiva da escola de política RenovaBR.

Alan Bueno – administrador, 14 anos de experiência no mercado digital, estrategista digital de campanhas políticas.

Mariana Pimentel – advogada, especialista em direito privado e processo legislativo.

Cila Schulman – jornalista, coordenadora de comunicação e estrategista de campanhas eleitorais, com experiência em planejamento de comunicação.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui