knok. Startup portuguesa de telemedicina aumentada afirma-se no Paraná e está com suas contratações abertas

A empresa oferece uma solução tecnológica inovadora baseada em dados clínicos reais e IA, o que permite melhorar o serviço, democratizar o acesso à saúde e agir na prevenção.

A knok, startup de telemedicina que atua em dezenas de países europeus e sul-americanos, inaugurou o primeiro escritório no Brasil durante este mês de junho, depois de ter iniciado operações em 2018. Através da telemedicina aumentada, a empresa apresenta uma solução tecnológica totalmente integrada e inédita para pacientes, hospitais e seguradoras. “Podemos melhorar a saúde das pessoas recorrendo à saúde digital”, afirma o CTO. Com uma presença já consolidada no mercado brasileiro e em largo crescimento, a empresa disponibiliza atualmente um vasto leque de oportunidades de emprego.
“A telemedicina aumentada é uma medicina remota que usa os dados para capacitar os médicos e os próprios pacientes para resultar em melhor diagnóstico, tratamento e continuidade de cuidados”, afirma João Magalhães, CTO e cofundador da knok. De forma virtual, mas com presença em dezenas de países, a knok fez evoluir o conceito de teleconsulta tradicional e, atualmente, oferece uma solução focada na integração de dados com ajuda da IA — o que permite disponibilizar mais informações clínicas aos profissionais de saúde e melhorar o acompanhamento médico dos pacientes.
knok. Startup portuguesa de telemedicina aumentada afirma-se no Paraná e está com suas contratações abertasA solução tecnológica desenvolvida pela startup recolhe mais de 30 data-points clínicos em cada videoconsulta — como batimentos cardíacos e frequência respiratória — através da câmara do computador ou celular. Esta tecnologia inteligente permitiu concluir que 85% dos cuidados primários podem ser resolvidos remotamente. “Tudo isto leva a uma melhoria da qualidade de vida e da saúde dos pacientes e leva a menores custos para os pagadores, sejam eles o sistema de saúde ou operadoras privadas”, continua João Magalhães.
A tecnologia, criada para prestadores de serviços como hospitais e seguradoras, está equipada com ferramentas para melhor monitorizar pacientes crônicos, reduzindo o risco de ocorrências de episódios agudos. Além disso, os dados da empresa revelam que é também possível diminuir internamentos e visitas ao pronto-socorro, atuando na prevenção e identificando fatores de risco. “Com todos os dados, queremos conseguir prever, por exemplo, eventos agudos para intervir preventivamente e reduzir esse risco”.
O novo escritório da knok, localizado em Curitiba, no Paraná, amplia a capacidade de fornecer telemedicina aumentada para todas as operações de saúde localizadas no Brasil, um dos maiores mercados da América Latina para a saúde digital. A empresa acredita que este é um mercado onde a sua solução tem um grande enquadramento e espera um elevado crescimento durante o próximo ano. Serão várias as oportunidades nas áreas de vendas e desenvolvimento de negócios para quem estiver à procura de um grande desafio e de uma cultura de inovação e crescimento.
A Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital estima que entre 2020 e 2021 foram realizadas mais de 7,5 milhões de consultas online, por mais de 52,2 mil médicos. Destas, 87% foram primeiras consultas, o que permitiu reduzir as idas desnecessárias ao pronto-socorro. Em abril de 2022, o Congresso Nacional aprovou o projeto de lei que autoriza e define a prática da telemedicina no Brasil.

Sobre a knok:

Atualmente, a knok está presente em 12 países e é líder de telemedicina em Portugal. A startup está em crescimento nos países da América Latina, como Colômbia, Chile e, mais recentemente, Argentina. Atualmente, soma mais de 5 milhões de pacientes e já conta com cerca de 3.500 médicos ativos.
A knok oferece uma solução de telemedicina totalmente integrada, apoiando-se em value-based care models e criando uma das plataformas mais eficientes do mercado de saúde digital: a Panacea. Diariamente, as equipas médicas e científicas da knok analisam, recolhem dados e trabalham em novas soluções para melhorar a qualidade de vida dos pacientes dentro de um modelo económico sustentável. Para obter mais informações sobre a knok, visite: https://www.knokcare.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui