Festival de Contação de Histórias reúne voluntários em Curitiba

Voluntários do projeto de Contação de Histórias do Instituto Positivo (IP) estão entre as atrações do 1º Festival de Contação de Histórias. O evento, que comemora 10 anos de existência da ONG curitibana Instituto História Viva e pretende sensibilizar a comunidade para a importância do voluntariado na área, será realizado no dia 21 (quarta-feira), às 19h, no Teatro Regina Vogue. 


Kelly Lima está entre os escolhidos para participar do evento. Kelly, que faz parte do programa há pouco mais de um ano, vai participar contando a história “Eros e Psique”, de Fernando Pessoa. Segundo ela, a escolha se deu pela narrativa: o poema do escritor português começa já no momento culminante da lenda dos dois mitos. Logo que ingressou no Grupo Positivo, Kelly ficou sabendo sobre o projeto de voluntariado da instituição e, por ser graduada em Letras, achou interessante passar adiante o conhecimento por meio de histórias. Ela faz visitas quinzenais, aos sábados, para pacientes de um hospital que atende só adultos. “É uma forma de ‘tirar’ os pacientes do quarto por meio da história num caminho de duas vias, onde assim como ofereço esses momentos para eles, recebo a gratidão e o sorriso em troca. Além disso, aprendi a valorizar muito mais o que eu tenho e vejo que meus problemas são pequenos”, conta.


Além da voluntária do Instituto Positivo, Carlos Daitschmann e Richard Rebelo – renomados contadores de história, voluntários do Instituto História Viva e da Volvo também farão parte da programação.




SERVIÇO:
1º Festival de Contação de Histórias
Quando: 21 de outubro, quarta-feira, 19h
Onde: Teatro Regina Vogue – Shopping Estação – 2º piso 
Ingressos: na bilheteria do Teatro
Entrada gratuita 


Sobre o projeto de Contação de Histórias – Pertencente ao Programa Positivo de Voluntariado conduzido pelo Instituto Positivo, o projeto, que tem como objetivo o incentivo à leitura, formou, nos últimos dois anos, mais de 110 pessoas dispostas a levar histórias a oito instituições de Curitiba e Região Metropolitana. Hospitais, casas lares e asilos recebem grupos de três a oito voluntários todos os meses, dispostos a contar histórias. O programa é desenvolvido em parceria com o Instituto História Viva. Os voluntários, antes de se tornarem contadores, passam por uma capacitação de 10 horas/aula e cursos de reciclagem contínuos. Durante o treinamento, os voluntários aprendem conhecimentos técnicos e práticos de postura de voz e corporal e indicações e dicas sobre livros recomendados para cada tipo de público e sugestões de abordagen, além de debaterem sobre a importância da leitura no desenvolvimento da criatividade, oratória e no impacto dela em aspectos psicológicos.

Sobre o Instituto Positivo – Alinhado à estratégia de sustentabilidade e em consonância com a principal vocação do Grupo Positivo, o Instituto Positivo tem a Educação como foco prioritário. Ele articula e promove iniciativas que contribuam para o aumento da qualidade da educação básica do País, direcionando os seus investimentos para ações sustentáveis e estruturantes. O IP atua por meio de três frentes: Fortalecimento da Gestão Municipal para a Educação, Produção e Disseminação de Conhecimento e Mobilização Social Estruturada.


centralpress@presskit.com.br

Kelly Lima (Crédito: Divulgação / Instituto Positivo)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.