TERCEIRA EDIÇÃO DA FACTORY AGITA TERÇA DO +55

Inspirada no estúdio artístico de Andy Warhol, a festa Factory chega a sua terceira edição nesta terça-feira (10/11) no +55. A partir das 19h, a casa reúne show da banda rúido/mm e outras formas de arte em um só evento, valorizando produções independentes locais. A volta do projeto Concert Dessiné, que mistura som ao vivo e desenhistas criando ao vivo, é outro dos destaques. A programação traz ainda vídeo instalações, discotecagem e mostra fotográfica. Ingressos a R$ 20.

O Concert Dessiné estreou na edição anterior, colocando músicos e ilustradores em uma ação de criação livre conjunta. A ação foi idealizada pelo francês Lausac Beaumont e teve uma de suas primeiras realizações fora da França no +55. Nesta terça, o protagonista será o artista plástico e ilustrador Guilherme Caldas, autor de duas graphic novels e integrante de projetos com coletivos de arte. O atelier ato1lab expõe painéis de policarbonato que recebem a vídeo instalação “Ultra deep jelly hypnosis”, enquanto a artista Ana Catarina usa projeções de movimentos corporais para falar sobre vida em “Corpo Brincant”. Novos talentos da fotografia curitibana também terão seu espaço na Factory, com dez expositores.

A banda ruído/mm apresenta seu post rock, respeitado no cenário local pela mistura de influências do jazz, punk e psicodelia. Criado em 2003, o grupo participou de grandes festivais e se apresentou em importantes casas e eventos por todo o país, como Festival Lab (AL), Macondo (RS) e Sesc Pompeia (SP). O groove da discotecagem fica pelas mãos do DJ Julio Kondo com o projeto Selector Sik, com muita música instrumental dos anos 60 e 70 mixada a ritmos atuais.

FACTORY NO +55

Data: Terça-feira, 10 de novembro
Horário: a partir das 19h
Entrada: R$ 20
Endereço: R. Vicente Machado, 866 – Batel
Informações: (41) 3322-0900 | www.cincocinco.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.