Um olhar brasileiro

A icônica banqueta Stool60, assinada por Alvar Aalto em 1933, será customizada por 10 nomes das artes, arquitetura e design.

Com 84 anos de vida e representando a quinta essência do design de móveis funcionalistas, a Stool 60, famosa banqueta criada por Alvar Aalto, já viajou o mundo ganhando releituras nas mãos de inúmeros artistas. Em uma ação promovida em parceria com a Inove Design, referência no segmento de design de mobiliário na capital Paranaense, a obra chega ao Paraná pela primeira vez em abril de 2017 e ganha versões exclusivas desenvolvidas por importantes nomes do universo artístico brasileiro.

Disseminando e promovendo a veia artística paranaense, o evento Um Olhar sobre o Design Brasileiro Contemporâneo, idealizado pela Escola Israelita Brasileira Salomão Guelmann, traz peças icônicas do design brasileiro em um grande leilão online. Referência no setor moveleiro paranaense, a Inove Design foi convidada pela escola para desempenhar um papel de grande responsabilidade no line up do evento: convocar 10 nomes do universo das artes para emprestarem o seu olhar à Stool 60, famosa banqueta criada pelo arquiteto finlandês Alvar Aalto, em 1933. Assinadas por Priscilla Mueller, Jorge Elmor, Manoel Coelho, Daniel Katz, Marcelo Paciornik, Ale Mazzarolo, Aline Roman, Gio Soifer, André Mendes e Maya Weishof, as peças receberão releituras exclusivas e, assim como a poltrona Duo, de Jaime Lerner, a SOTO, de Ronald Sasson, e as duas unidades do recamier R-LOS, de Julio Pechmann, ficarão expostas ao público na mostra que ocupa o Lounge L2 do Shopping Patio Batel por todo o período do leilão.

Considerada uma das representantes da vertente orgânica da arquitetura moderna da primeira metade do século XX, a Stool 60 é um clássico do design moveleiro mundial e após ter inspirado inúmeros artistas ao redor do mundo em seus 84 anos de existência, chega pela primeira vez ao Brasil com o objetivo de evidenciar a criatividade da classe artística paranaense através de 10 diferentes visões. Com inspirações únicas e extremamente singulares, os exemplares customizados poderão ser arrematados em um leilão virtual através do site www.hkleiloes.com.br , do dia 25/04 ao dia 09/05. Quem quiser se apaixonar pelas criações poderá conferi-las ao vivo durante este mesmo período no Shopping Pátio Batel.

Jorge Elmor – Essência Tropical

“A exuberância dos trópicos encontra reflexo em suas madeiras de tons avermelhados pinceladas por veios dourados, consonantes com a massiva quantidade de metais preciosos incrustados em toda a superfície do país e estabelecem o contraponto perfeito no estabelecimento da presença nacional na reconstrução de uma peça etérea e de personalidade essencialista”, explica Jorge.

Ale Mazzarolo – Sol

A energia dos raios solares foram a inspiração para a criação de Ale Mazzarolo: “Em tempos difíceis nada como o brilho do sol para trazer um sopro de otimismo, cor e luz, e para customizar a icônica STOOL60 me inspirei em um lindo dia de céu azul e ensolarado”, conta.

Aline Roman – Coroa de Flores

A natureza foi sua grande inspiração. A coroa em folhas de bronze reverencia o design de Alvar Aalto e vai de encontro com as formas orgânicas e fluidas da natureza. “A estética aplicada de forma plena e real deve ser ovacionada e coroada, é uma jóia, que mesmo estandarizada é ainda única e preciosa”, diz Aline.

Priscilla Muller – Luz

Para Priscilla a luz é a grande protagonista de sua criação: “Quando 1933 chega em 2017, surge uma ideia, uma inspiração e uma intenção. A luz, matéria essencial, elemento estruturador e integrante da arquitetura”, explica.

Manoel Coelho – Origens

Uma referência ao mestre Alvar Aalto, Manoel Coelho buscou inspiração nas origens da famosa Stool60, reverenciando sua base em sua recriação. “Já fui árvore” é uma homenagem ao arquiteto e sua obra, ambos referência de um design moderno e inovador.

Maya Weishof – Concreto

A ideia de Maya foi trabalhar com um elemento utilizado em sua pesquisa poética, e tentar ironizar a tentativa de compreender um mapa em concreto sobre um objeto feito pra sentar. “O concreto é um material com uma carga simbólica e física muito forte, ele edifica basicamente tudo o que entendemos por território. Dentro da minha produção o significo como um material que é matriz para a construção de limites de fronteiras quando penso o mapa como paisagem”, diz Weishof.

Marcelo Paciornik – Ready-Made

A proposta do artista plástico Marcelo Paciornik é fazer uma homenagem aos 100 anos do primeiro ready-made feito por Marcel Duchamp. “A obra conhecida como “Roda de Bicicleta” é apresentada agora em uma versão off road, enfatizando ainda mais o paradoxo da imobilidade contido na obra original”, explica Paciornik.

Gio Soifer – Movimento

A proposta da artista Gio Soifer de inserir rodas ao desenho original da banqueta é criar não só um possível movimento deste corpo que suporta e é apoio para outro corpo, mas também de pensar na dinâmica do próprio ato de “customizar” um design já consagrado. “O processo é evidenciado quando ilustro no próprio tampo da banqueta o manual original, somado ao desenho das rodas anexadas”, conta Gio.

Daniel Katz – Lembranças de infância

Quando recebeu o convite, Daniel logo pensou em seu tempo de escola: “Minha criação faz referência a um universo lúdico, de histórias de infância. Como preferi preservar o desenho original da peça, toda a interferência se dá pelo lado de dentro, representando a emoção, enquanto o lado externo, intacto, representa a razão”, diz ele.

André Mendes – A beleza das imperfeições

A partir de um objeto que faz parte da história do design, André Mendes buscou criar uma nova roupagem para a peça de Al: “Reconhecido pelo seu equilíbrio estético, simplicidade e desenho impecável, proponho uma nova pele, forma e significado. Retirando toda camada de pintura industrial vemos a madeira, seus veios e imperfeições. Rompendo com suas características industriais, revelando sua alma, fomentando o diálogo entre o design e a arte”, explica.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.