Locatário da Inspira Imóveis pode pagar caução com bitcoins e obter lucro ao fim do contrato

Empresa do Grupo Bitcoin Banco permitirá que o cliente receba a variação positiva do valor investido em bitcoins na fiança de imóvel alugado

A imobiliária Inspira Imóveis – empresa do Grupo Bitcoin Banco, primeiro do país a intermediar investimentos em criptomoedas – está aceitando moedas digitais para o pagamento de caução em contratos de aluguel, com possibilidade de lucro para os locatários.

No fim do contrato, os clientes recebem a variação positiva do bitcoin no período. Se a moeda digital perder valor, o locatário não perde nada e recebe o valor nominal empregado. O valor da caução segue o padrão do mercado imobiliário e equivale ao de três aluguéis em reais, convertidos em bitcoins.

“Nosso objetivo, além de possibilitar lucro para o cliente, é também desburocratizar a negociação entre locador e locatário. Este modelo é mais ágil em relação a outras modalidades convencionais de caucionamento, como os seguros. Além disso, o procedimento é feito com toda a segurança jurídica necessária entre as duas partes”, explica Carlos Augusto Albertini, gerente da Inspira Imóveis.

A iniciativa é inédita no mundo e pode ser adotada inclusive por quem não tem bitcoins. O caminho é simples: o cliente deve abrir uma conta na Exchange NegocieCoins, corretora pertencente ao Grupo Bitcoin Banco, e adquirir a criptomoeda de acordo com a fração exigida para o pagamento. Todo o processo é feito por meio de contrato assinado entre as partes.

O objetivo da empresa é que 60% dos contratos de locação utilizem o modelo de caução em bitcoins, válido tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

“Nosso produto consegue unir os dois melhores mundos: o potencial de grandes lucros provenientes do bitcoin, que só em 2017 valorizou cerca de 1700% sem o risco de eventuais perdas financeiras. Ou seja, segurança e lucro ao mesmo tempo, qualidades quase impossíveis de serem conciliadas no mundo dos investimentos”, explica Albertini.

A Inspira Imóveis é pioneira no Brasil na utilização de bitcoins para compra, venda e locação de imóveis, prática que vem crescendo rapidamente em alguns países como os Estados Unidos. A empresa atua há quatro anos em Curitiba e foi adquirida recentemente pelo grupo Bitcoin Banco.

“Ter o nome da imobiliária aliado ao Bitcoin Banco só nos traz benefícios. Estamos falando de um grupo com sólido respaldo financeiro e jurídico, com uma estrutura de compliance e de administração que garantem seu crescimento sustentável”, ressalta Albertini.

Sobre o Grupo Bitcoin Banco

Com sede em Curitiba, o Grupo Bitcoin Banco é um dos primeiros do país a atuar com investimentos e negócios relacionados às criptomoedas. O grupo é composto pela Exchange NegocieCoins, que está entre as principais corretoras do país, a Imobiliária Inspira (que aceita pagamento e depósito caução em bitcoins), a Opencoins (unidade que prepara a criação de cartão com bandeira própria) e o Bitcoin Banco, primeiro banco brasileiro especializado em moedas virtuais e que possui uma agência física localizada em Curitiba. Também é afiliado ao Icoinomia, Instituto Nacional de Defesa dos Operadores de Câmbio de Criptomoedas, cujo objetivo é defender o livre exercício da atividade econômica das organizações que operam com moeda virtual. Com uma equipe experiente no mercado financeiro tradicional, o grupo oferece atendimento ágil, consultoria personalizada e serviços exclusivos aos seus clientes. Entre seus objetivos também está o de difundir e defender a utilização das moedas virtuais como meio de pagamento para pequenos, médios e grandes investidores.