Transformação digital e o setor elétrico

As novas tecnologias de comunicação entre máquinas e soluções baseadas na nuvem vêm se disseminando com velocidade em diversas áreas de negócio, e no setor elétrico isso não é diferente. Soluções baseadas em Internet das Coisas (IoT) comprovadamente vêm se proliferando na forma de soluções de monitoramento de diversos parâmetros.

Atenta a isso, na próxima sexta-feira (11), às 10h, a HomeCarbon Energy Solutions promove webinar com o tema “A transformação digital e o setor elétrico – como ferramentas IoT podem gerar valor aos programas de Eficiência Energética”, com a participação do diretor executivo da empresa, Rodrigo Lagreca e do Engenheiro Eletricista, Mestre e Doutor em Engenharia, Gilson Paulillo.

O evento tem como objetivo debater os desafios que o setor elétrico enfrentou em 2020 e a perspectiva para 2021, e a adoção de novas tecnologias digitais nos programas padrão de eficiência energética pode não apenas transformar a relação das concessionárias com seus clientes, mas abrir novas oportunidades de negócio.

Outro aspecto a ser abordado no webinar, será o tema da recuperação de receitas e prevenção à inadimplência. Segundo relatório emitido pelo Ministério de Minas e Energia (MME), a inadimplência do setor elétrico alcançou a média mensal de 1,57% – nos últimos 60 dias, em comparação a média mensal de 1,93% no mesmo período em 2019 e do pico de 11% atingido em maio. Conforme o documento, o impacto mensal nos últimos dois meses foi de R$764 milhões, devido à queda no faturamento das distribuidoras.

A inadimplência acumulada desde o início da pandemia é de 4,61% ou R$3,9 milhões, enquanto o impacto total estimado da pandemia acumula R$17,3 bilhões. Como está previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a reativação o sistema de bandeiras tarifárias onde classificou o mês de dezembro para a faixa mais elevada de valores, com a bandeira vermelha patamar 2, a inadimplência deverá ampliar ainda mais. Pois, na prática, a cobrança extra será de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, sendo que o consumo médio residencial no Brasil está em 152kWh/mês, variando muito por regiões do país, como por exemplo a região sul que tem um consumo aproximado de 273,1 kWh/mês.

“Com a fatura mais alta, é momento de o consumidor investir não apenas no controle dos gastos, mas sim no aprendizado e na educação do uso correto da energia elétrica”, comenta Lagreca. “Entender os cálculos e saber quais eletrodomésticos são os responsáveis pelos maiores consumos e quais as melhores formas de economizar são essenciais”, reforça.

Para conhecer a fundo a conta de luz é necessário calcular a energia consumida pelo eletrodoméstico e multiplicar sua potência em KW pela quantidade de horas que foi utilizado no mês. Esse cálculo e entendimento da conta é oferecido pela solução Energia das Coisas, que possibilita o consumo inteligente e sustentável da energia elétrica, gerando economia real em média de até 30% na fatura de luz. “Além do que, com o aplicativo, o consumidor passa a entender quanto custa o tempo do uso do chuveiro elétrico, do aquecer e descongelar alimentos no micro-ondas, e o custo de se manter o ar-condicionado ligado. Quanto mais acompanhar o consumo e notificar o sistema, mais inteligente o monitoramento se tornará e mais ajustado a interpretar o consumo”, enfatiza Lagreca.

“O Energia das Coisas vem conciliar os interesses do consumidor e das concessionárias, possibilitando o acesso ao consumo e um planejamento do consumidor, não apenas no consumo consciente, mas num planejamento financeiro, reduzindo então os índices de inadimplência”, finaliza Lagreca.

O produto ENERGIA DAS COISAS está disponível para venda no site www.energiadascoisas.com.br, além dos principais marketplaces, como Mercado Livre, Magalu e Amazon.  Para instalação, a recomendação é que seja realizada por técnico certificado com NR10.

 

Sobre o Webinar

Quando: 11 de dezembro (sexta-feira)

Horário: 10h

Inscrições gratuitas

Onde: https://lnkd.in/dCB68Xx

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img