Bodebrown lança cerveja com fruta típica do nordeste neste final de semana

0
189

Bodebrown lança cerveja com fruta típica do nordeste neste final de semana

Tem um toque de cajá o mais novo lançamento da Bodebrown. A partir deste final de semana, ganha lançamento a Lupulol Aka´ya Cajá IPA, cerveja que apresenta a fruta típica do nordeste e norte do país, misturada com doses generosas de lúpulo Mosaic e receita de uma India Pale Ale. Ela estará disponível inicialmente apenas nas chopeiras do espaço Tap Haus, que funciona em anexo à fábrica, ao preço de R$ 3,80 cada 100 ml. Em seguida também será comercializada nos bares parceiros da Bodebrown.

O Tap Haus está aberto ao púbico na sexta-feira, das 14h às 19h, e no sábado das 10h às 16h. O ambiente conta opções gastronômicas como os pães especiais da Fábrika Pães e as carnes defumadas ao estilo texano da Smoked na sua Casa. Todas as medidas preventivas para a Covid-19 são adotadas no espaço.

A Lupulol Aka´ya Cajá IPA é a quinta nova cerveja criada pela Bodebrown em 2021. Faz parte da série Lupulol, caracterizada por doses reforçadas de lúpulo. O ponto de partida para este receita, contudo, tem raízes na infância do cervejeiro Samuel Cavalcanti, o CEO da cervejaria, quando ele morava em Pernambuco. A fruta cajá, muito apreciada no nordeste, era uma das prediletas do então pequeno Samuel. “A partir daí, criamos uma combinação de maltes ingleses, típicos do estilo Pale Ale, com a fruta, numa receita que ressalta uma viagem sensorial cítrica e frutada, ideal para ser saboreada no verão”, conta o cervejeiro.

A fruta é combinada com doses elevadas de Lúpulo Mosaic em diversas fases do processo produtivo, desde a fervura até a preparação final. Com isto, o poder de refrescar da nova cerveja foi muito potencializado. No sabor, apresenta notas balanceadas de pães, lembrando principalmente pão branco, além de frutas amarelas – cajá, ciriguela, pitanga, carambola, pêssego e manga. No aroma, destaque para uma presença cítrica e tropical, com suave presença de pinho.

O amargor é de 21 IBUS, caracterizado como médio-baixo. A cor traz um tom amarelo ouro, levemente turva, enquanto o teor alcoólico fica na casa dos 6,1%. Para harmonizar, as dicas são: queijos, fruto do mar, Paella valenciana, empanadas, carnes na brasa ou defumadas no pit smoker (burgers, briskets, cordeiro), peixes, risoto quatro queijos e releituras de pratos apimentados das cozinhas tailandesa, mexicana e nordestina.

Growler Day

O primeiro final de semana após o período de Carnaval, no ano que não tivemos festa, terá programação especial na Bodebrown. A cervejaria reúne nove de seus cultuados rótulos na edição deste final de semana do Growler Day Pega & Vaza. O já tradicional drive thru cervejeiro acontece de quinta-feira a sábado, na frente da fábrica da cervejaria, seguindo todas as recomendações preventivas para a Covid-19. O público adquire os chopes previamente acondicionados em embalagens PET, sem sair do carro.

Confira as cervejas selecionadas para o Growler Day:

Burton Pale Ale Wild Millésime 2018 – A Bodebrown Burton Pale Ale teve sua primeira versão criada na Inglaterra, em 2017. Os irmãos Samuel e Paulo Cavalcanti, da Bodebrown, desenvolveram a receita juntamente com a equipe da Marston´s Brewery, localizada em Burton-On-Trent. Depois ela foi distribuída em mais de 1800 pubs britânicos. Naquele mesmo ano, a criação conquistou medalha de Ouro no evento The World’s Biggest Spring Real-Ale Festival – considerado o maior festival de criações ao estilo Real-Ale do mundo. A nova versão, Burton Wild Millésime 2018, partiu do envelhecimento da receita original por 25 meses. Tem baixo amargor, suave acidez e leve frutado tipicamente inglês. O teor alcoólico é de 5,2%. Preço: R$ 35 (growler de um litro).

Grapes Stout – A receita leva mosto das uvas tannat, cabernet franc e petit verdot, fermentadas com a levedura cervejeira. Ela foi inspirada no vinho tinto Bodebrown Gran Reserva One Millésime 2017, produzido no Vale dos Vinhedos, Rio Grande do Sul, que em breve será lançado. Enquanto o vinho foi fermentado com adição de leveduras cervejeiras, a cerveja recebeu mosto de uvas. A fórmula base foi elaborada a partir da releitura do clássico estilo Dry-Stout irlandês. Tem paladar seco, com notas de pão torrado, além de taninos equilibrados, com 6,1% de álcool. Preço: R$ 35 (growler de um litro).

Blanche de Curitiba – A Blanche de Curitiba é uma Belgian White Ale. Produzida desde 2012, é uma criação genuinamente curitibana e paranaense. Foi lançado como uma homenagem ao aniversário da capital paranaense – na época a cidade completava 319 anos. Quarta cerveja produzida pela Bodebrown, se transformando numa referência no Brasil no segmento de Belgian White Ales. Sua receita nasceu inspirada na tradição belga das Bière Blanche. Com 5,2% de álcool e baixo amargor, esta cerveja branca conquista já no primeiro gole. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Trooper Brasil IPA – Criada pela Bodebrown em parceria com a banda Iron Maiden, ela foi premiada na semana passada numa das mais importantes competições cervejeiras do mundo, a Brussels Beer Challenge, realizada em Bruxelas, na Bélgica. Recebeu medalha de prata na categoria de cervejas com toques de chocolate. Ela traz na receita uma identidade brasileira marcada pela adição de cacau e um blend de lúpulos com notas de frutas tropicais. É uma cerveja de baixo amargor e suave sabor de malte, com 5% de teor alcoólico e notas de cacau, manga e chocolate branco. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Stone/Bodebrown Cacau IPA – Criação feita em parceria com californiana Stone Brewing. A adição de nibs de cacau confere a característica principal da Cacau IPA. Ela tem 6,1% de teor alcoólico e toques cítricos e de caramelo. No aspecto visual, uma marcante cor cobre. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Perigosa Imperial IPA – Premiadíssima, ela foi pioneira do estilo Imperial IPA no Brasil, em 2010. O sabor revela seus 9,2% de teor alcoólico e alto amargor, enquanto a coloração traz tons de cobre e os aromas, por sua vez, remetem aos cítricos dos lúpulos, lembrando maracujá e goiaba. Além do Mondial de La Bière, conquistou outros importantes prêmios nacionais e internacionais. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Mago de Houblon Juice IPA – Uma homenagem ao lendário mago protetor das plantações de lúpulo, esta cerveja traz na composição os lúpulos Amarillo, Citra e Simcoe e a lupulina Mosaic, além dos maltes Pilsen, Munich, Carapils e malte de trigo. Com médio amargor, tem toque refrescante e 6,1% de teor alcoólico. É uma American IPA de cor amarelo ouro e aroma marcado por frutas cítricas. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Gol de Bicicleta – Esta é uma cerveja colaborativa que foi servida em mais de 40 países em 5 continentes. Além da Bodebrown, também participaram as cervejarias Baird (Japão) Devil’s Peak (África do Sul), Adnams (Inglaterra) e Primus (México). Criada para celebrar a copa de 2018, é uma cerveja cremosa e sua no paladar, contrastando com o dulçor do malte, notas sutis de capim limão e camomila. Preço: R$ 55 (growler de dois litros).

Bodebrown lança cerveja com fruta típica do nordeste neste final de semana

Para completar o cardápio, também são vendidos pães artesanais da Fábrika Pães. São dois tipos de Pão baguete de fermentação natural, com ou sem linguiça Blumenau na receita. Ambos custam R$ 10. O baguete é feito com 10% de farinha integral e 90% da branca, mais água, sal e fermento natural Levain.

Serviço:

Growler Day: quinta e sexta-feira, das 14h às 19h, e no sábado das 10h às 16h.
Tap Haus: sexta-feira, das 14h às 19h, e no sábado das 10h às 16h.

Endereço: Rua Carlos de Laet, 1015 – Hauer, Curitiba – PR
Informações: (41) 3082-6354 | www.loja.bodebrown.com.br