Empreender em tempos de pandemia pode ser uma luz no fim do túnel

O empresário Marcelo Freitas auxilia microempreendedores iniciantes em vídeos gratuitos

Driblar a crise é uma das palavras mais utilizadas pelo brasileiro. E quando se trata de negócios, não é diferente. Com o agravamento da pandemia, os números de casos cada vez mais altos no país, e consequentemente aumentando o desemprego, muitos trabalhadores viram como alternativa empreender. Segundo levantamento da Serasa Experian, somente em 2020 foram abertas 3,3 milhões de novas empresas, ou seja, um crescimento de 8,7% em relação a 2019.

Pensando nesses microempreendedores, o empresário e diretor da Academia do Rock, Marcelo Freitas, lançou uma série de vídeos, com minicursos gratuitos, que ajudam e dão dicas aos novos empreendedores ou aqueles que querem investir em novos negócios e não tem ideia de como começar. “Vivi nessa pandemia um drama pessoal com a perda do meu pai, que também era empreendedor, para a Covid, com isso, decidi que era hora de passar o meu conhecimento, ser solidário e oferecer ajuda para quem sonha em ter o seu próprio negócio”, explica Marcelo.

Hoje no Brasil, 99% das empresas são micro ou pequenas e são responsáveis por 75% dos empregos com carteira assinada. É fundamental apoiar o pequeno empresário, oferecer linhas de crédito e capacitação para que ele consiga prosperar e gerar muitos empregos. “Eu não posso oferecer linhas de crédito, mas posso compartilhar o meu conhecimento, oferecer mentoria e dicas para quem se interessa pelotema”, salienta Marcelo.

Segundo Marcelo é importante desvincular o empreendedorismo de startup, de modelos de negócios inovadores que quebram paradigmas. “A ideia das startups, da criação de negócios inovadores é excelente, no entanto, não conseguimos criar tantos unicórnios assim”, ressalta.

A crise gerada pela pandemia apenas ressaltou que precisamos ajudar o pequeno comerciante a prosperar. “Aquele que quer abrir uma confecção, uma hamburgueria ou um prestador de serviço freelancer”, reforça. A proposta criada por Marcelo é old school, ou seja, é voltada aos negócios tradicionais com ou sem presença digital, mas do tipo de empreendedorismo que começa pequeno, com capital próprio e com os pés no chão.

Até o momento já estão disponíveis cinco vídeos, e a ideia de Marcelo é gravar outros dez. “A cada edição é um aprendizado novo com os comentários que recebo”, comemora. O objetivo do empresário é continuar produzindo conteúdo relevante, com postagens semanais. “Um conteúdo completo e gratuito ao novo empreendedor, que inclui desde planejamento, finanças, negociações, marketing e aspectos legais”, explica.

Os vídeos podem ser acessados pelo canal do Youtube, RockStar Lessons :

, ou pelo Instagram: @marcfrei10.

Empreendedorismo

Marcelo Freitas é um empreendedor nato. Formado em Administração de Empresas, desde muito novo investe em frentes diferenciadas de trabalho. Inaugurou a StarOver Turismo, agência de viagens em 1999, que hoje é administrada pela sua esposa Flavia Freitas. A agência sempre foi pautada com o diferencial no fator humano. Desde a fundação, passou por diversas mudanças no setor, desde sistemas, bilhetes, tecnologia e companhias aéreas. Mas desde a fundação se mantem no posicionamento inicial, reinventando e buscando sempre atender os anseios do cliente.

Em 2003, sentindo a mudança do mercado e a presença cada vez mais constante da tecnologia na vida das empresas, Marcelo inaugurou a Ledz Web Solutions, uma empresa de web design que reúne profissionais da área de administração, comunicação, programação e análise de sistemas. Em 2011 surgiu Academia do Rock. Como amante do bom e velho Rock´n Roll, Marcelo sentiu uma carência no mercado em atender alunos que buscavam algo diferente das convencionais escolas de músicas da cidade. Com a criação de um método próprio de aula, a escola atende um público variado. “Temos a criança que gosta do rock, quer aprender um instrumento até o adulto, empresário, que busca na escola e nas aulas de rock, uma forma de desestressar do dia a dia”, enaltece.

Apostando no crescimento da escola Academia do Rock, o empresário Marcelo de Freitas montou em 2015 a proposta de franquia da escola temática. E o aceite foi de imediato. Logo lançada a possibilidade de franquia as procuras foram expressivas e o primeiro contrato foi assinado em julho do mesmo ano. Na sequência, o projeto de expansão continuou inaugurando novas sedes da escola no Estado de São Paulo.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui