Rede de supermercados Super Muffato implementa tecnologia de reconhecimento facial para pagamentos

Com solução da startup Payface, a primeira loja a implementar o self checkout no Brasil também se torna a pioneira na adoção de reconhecimento facial para pagamentos no Paraná, diminuindo filas e evitando o contato físico entre seus consumidores

A maior rede de supermercados do Sul do Brasil e a número um do Paraná, o Grupo Muffato, com mais de 70 lojas no Paraná e em São Paulo, passa a oferecer em uma de suas lojas físicas a opção de identificação e pagamento por reconhecimento facial, se tornando a primeira rede paranaense a implementar a tecnologia. Com solução da startup Payface, a tecnologia conecta o rosto de cada usuário com o seu cartão de crédito. Sem precisar mostrar o cartão, o consumidor poderá optar por pagar suas compras usando apenas o rosto, diminuindo filas e evitando contato físico.

A solução está instalada em todos os 28 caixas da unidade Muffato Madre, localizada no Jardim Bela Suiça, em Londrina (PR). A integração faz parte da estratégia de inovação do Grupo Muffato, prioridade da  empresa ao longo dos seus 46 anos de história. “O Super Muffato foi a primeira a trazer o self checkout para o Brasil, em 2012, e a lançar, em 2019, a tecnologia de Shop&Go, que permite a compra por celular em loja física, sem fila e realizada 100% por meio de autoatendimento. A inovação sempre foi um dos nossos focos e agora não seria diferente”, conta Everton Muffato, diretor executivo e sócio do Grupo Muffato. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), o setor de supermercados registrou um crescimento de 9,36% em 2020, em relação ao ano anterior.

Para Eládio Isoppo, cofundador e CEO da Payface, a implementação no Super Muffato mostra o potencial que a tecnologia de reconhecimento facial tem de avançar por todo o Brasil, mudando a vida de diferentes perfis de consumidores. “Vermos uma das principais redes supermercadistas do país mantendo um histórico expressivo de busca por inovação mostra que o varejo, nos próximos anos, será um dos principais negócios passando por transformação digital”, diz Isoppo.

Para começar a pagar por reconhecimento facial, o usuário baixa o aplicativo da Payface no seu celular e cadastra o rosto. No momento em que for fazer suas compras, o cliente se posiciona em frente a um dispositivo móvel instalado junto ao caixa e faz a sua identificação com o rosto. Então, com a identificação validada pelo sistema, o atendente, do outro lado, confirma o valor para que o cliente finalize a compra via Payface. Todo o processamento é feito sem nenhum toque no dispositivo.

No Paraná, o setor de supermercados teve um crescimento de 11% na comparação com 2019, conforme dados da Secretaria da Fazenda do Paraná. O setor foi um dos que mais cresceu no comércio varejista, atrás apenas do mercado de áudio, vídeo e eletrodomésticos (com crescimento de 24%) e do de materiais de construção e ferragens (+13%). Isso porque, devido às medidas de isolamento social, as pessoas precisaram mudar seus hábitos de alimentação, contribuindo com o aumento de consumo dentro do lar. Também, esses estabelecimentos continuaram funcionando nos períodos em que bares, restaurantes e serviços não essenciais fecharam as portas devido às regras de quarentena.

Rede de supermercados Angeloni implanta pagamento por reconhecimento facial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui