Petrobras realiza novo aumento de preços, Paranapetro comenta

A Petrobras realiza novo aumento de preços da gasolina e do diesel nas refinarias.

Este é o décimo primeiro aumento que a Petrobras realiza na gasolina este ano.

O litro da gasolina terá alta de 7,04% nas refinarias, enquanto o diesel subirá 9,15%.

No acumulado do ano, a gasolina acumula alta de 73,4% nas refinarias da Petrobras. Já o diesel subiu 65,3% no mesmo período nas refinarias.
Repasses

Os postos não podem comprar gasolina e diesel diretamente das refinarias da Petrobras. São obrigados a comprar das distribuidoras. Os repasses aos postos, portanto, dependem das distribuidoras. Geralmente as distribuidoras têm repassado as altas com grande agilidade, enquanto demoram para repassar as baixas.

Conclusão

O Paranapetro vê com grande preocupação esta escalada de preços, cuja responsabilidade não é dos postos.

A alta tão expressiva dos preços não é boa para a economia brasileira, para os consumidores e também não é benéfica para os postos, pois inibe o consumo.

Composição do preço

Importante ressaltar a composição do preço da gasolina:

Quanto fica com a Petrobras: 36,60%
Impostos federais (Pis/Cide/Cofins): 11,56%
Imposto Estadual (ICMS): 26,80%
Custo do etanol que é adicionado na gasolina comum: 17,90%
margem das distribuidoras e postos: 6,86%
(obs. Levando em conta pesquisa da ANP referente ao mês de outubro).

Paranapetro – Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui