Ecossistema de TI de Maringá se prepara para selo de Indicação Geográfica

O setor busca reconhecimento de sua reputação por meio do registro da IG Software by Maringá

Uma Indicação Geográfica – IG, é um importante instrumento para que uma região se diferencie, se destaque como uma marca, conquiste fama e reputação naquilo que produz. Neste sentido, a Software by Maringá, entidade setorial criada em 2007 e que hoje conta com mais de 100 associados entre empresas e startups, além do Sebrae, OAB Maringá e o Centro de Inovação de Maringá, iniciam um movimento para posicionar o Polo de TI de Maringá e região nacional e internacionalmente e conquistar uma IG pelo software que produz.

Este selo diferenciado dará a oportunidade para que as empresas de TI se destacarem nacional e internacionalmente. Como a mobilização de todo o setor é o primeiro passo na construção desta conquista, as entidades organizarão um encontro gratuito com a palestra “Marcas coletivas e indicações Geográficas como instrumento para agregação de valor aos produtos e serviços regionais”. O evento acontecerá no dia 14/06, sexta-feira, às 16:30 no Sebrae (Av. Bento Munhoz da Rocha Neto, 1116 – Zona 7). O palestrante será Luiz Claudio Dupim, Pesquisador em Propriedade Intelectual pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), e Doutor em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

De acordo com Edmila Denig, mestranda do INPI e advogada da Atlas Marcas e Patentes, “a palestra faz parte da mobilização dos empresários do setor quanto a importância de um registro único como esse, só concedido a quem constrói uma reputação ao longo dos anos, por meio do associativismo e cooperação. Com a adesão, participação e esforço conjunto dos empresários do setor de TI de Maringá, a região poderá receber ainda mais visibilidade nacional e internacional, sendo um valioso ativo de fortalecimento do associativismo e de marketing”.

De acordo com Luis Marcos Campos, presidente da Software by Maringá, “a obtenção do selo de Indicação Geográfica reconhecendo a expertise da região em desenvolvimento se software será mais um importante asset para posicionar o setor de Tecnologia da Informação como um dos principais do Estado e como referência de um ecossistema de Inovação”.

1 comment

Comments are closed.